Entre para seguir isso  
403 - Forbiddeen

Como remover os APPS padrão do Windows 10

1 post neste tópico

Como remover os APPS padrão do Windows 10


Alguns aplicativos, como o aplicativo Dinheiro, podem ser removidos diretamente do menu iniciar ao clicar com o botão direito do mouse e escolher Desinstalar.     Já outros – como o aplicativo Xbox ou o Email – só podem ser removidos com o Powershell. O Powershell é uma framework de configuração e gerenciamento da Microsoft. Ela é voltada para usuários avançados e permite a configuração ou aplicação de tarefas administrativas dentro do sistema operacional. Atenção: É necessário estar conectado com uma conta com direitos de Administrador para efetuar qualquer procedimento no Powershell. Caso não esteja, faça-o. Para acessá-la, vá na busca do Windows, digite Powershell Alternativamente, você pode usar o executar (Windows+R) e digitar powershell. Após aberto, você deverá adicionar uma linha de comando que funciona da seguinte forma: Get-AppxPackage Nome do App | Remove-AppxPackage Ou seja, para remover o aplicativo Notícias, é preciso digitar: Get-AppxPackage *bingnews* | Remove-AppxPackage. Ao fazer isso, uma tela como a abaixo será mostrada e o processo de desinstalação será iniciado. O tempo varia de 15 segundos a um minuto. Esta é Lista completa de comandos no Powershell para remover os apps padrão do Windows 10. Copie um por vez, cole na linha de comando e aperte Enter. 3D Builder: Get-AppxPackage *3dbuilder* | Remove-AppxPackage Alarmes e relógios: Get-AppxPackage *windowsalarms* | Remove-AppxPackage Calculadora: Get-AppxPackage *windowscalculator* | Remove-AppxPackage Calendário e e-mail: Get-AppxPackage *windowscommunicationsapps* | Remove-AppxPackage Câmera: Get-AppxPackage *windowscamera* | Remove-AppxPackage Groove Música: Get-AppxPackage *zunemusic* | Remove-AppxPackage Mapas: Get-AppxPackage *windowsmaps* | Remove-AppxPackage Microsoft Solitaire Collection: Get-AppxPackage *solitairecollection* | Remove-AppxPackage Dinheiro: Get-AppxPackage *bingfinance* | Remove-AppxPackage Filmes e TV: Get-AppxPackage *zunevideo* | Remove-AppxPackage Notícias: Get-AppxPackage *bingnews* | Remove-AppxPackage OneNote: Get-AppxPackage *onenote* | Remove-AppxPackage Pessoas: Get-AppxPackage *people* | Remove-AppxPackage Fotos: Get-AppxPackage *photos* | Remove-AppxPackage Esportes: Get-AppxPackage *bingsports* | Remove-AppxPackage Gravador de Voz: Get-AppxPackage *soundrecorder* | Remove-AppxPackage Clima: Get-AppxPackage *bingweather* | Remove-AppxPackage Xbox: Get-AppxPackage *xboxapp* | Remove-AppxPackage Adquira o Office: Get-AppxPackage *officehub* | Remove-AppxPackage Adquira o Skype: Get-AppxPackage *skypeapp* | Remove-AppxPackage Importante:  Não existe uma vantagem no desempenho do computador pela remoção de tais programas. Inclusive não recomendamos a remoção de alguns, como é o caso da calculadora, do aplicativo Xbox e da Loja. Caso queira remover também a nova calculadora do Windows. Já ao remover o aplicativo Xbox você perderá a função Game DVR, que permite gravar vídeos dos jogos e tirar fotos. O aplicativo Loja não deve ser removido sob hipótese alguma. Apesar de ser possível removê-lo, reinstalá-lo é possível apenas com uma nova instalação do Windows 10 ou com uma restauração do sistema. Vale lembrar também que, ao remover o aplicativo Fotos, você deverá definir um novo aplicativo padrão para imagens.

 


sign-war-403.png

SETUP: i7 8700k + Deepcool Captain 360 / Gigabyte Aorus Gaming 5 / 16Gbs de Memória DDR4 HyperX RGB 2933MHz / GTX 1080 TI EVGA FTW3 ICX / Fonte 1000W EVGA G2 / SSD 120Gb Samsung / 2 HD (1TB + 2TB) / Gabinete CM STORM Stryker / Mouse EVGA TORQ X5 / Headset Corsair Gaming Storm Void / Mousepad Razer BF4 / Teclado CM STORM Aluminum Mech / Monitor LG 29' Ultra Wide 

Pixel Project - Desenvolvimento Web & Marketing
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Conquistas

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

  • Conteúdo Similar

    • Por Chakal
      Como apagar o arquivo de hibernação do Windows 10 para ganhar espaço em disco
      A hibernação presente em alguns sistemas operacionais como o Windows, tem como principal função diminuir o tempo de inicialização do sistema, fazendo com o que o computador não seja desligado por completo. Apesar de ser útil, a função começou a ser esquecida com a popularização dos SSDs e fica até um pouco escondida no Windows 10. Por sua vez, mesmo estando escondida, a função vem ativa por padrão no sistema da Microsoft e precisa de um espaço considerável em disco para que ela possa funcionar. A seguir, veja como remover o arquivo de hibernação do Windows para ganhar espaço em disco.   Importante Caso você utilize o modo de hibernação do Windows, não é recomendado seguir este tutorial, pois ao ter o arquivo de hibernação apagado, a função também acabará desabilitada do sistema, apesar do processo ser reversível conforme é explicado mais abaixo. Além disto, lembre-se que a hibernação pode ser um recurso útil para máquina mais antigas e que não possuem um disco SSD. O Olhar Digital já explicou como fazer o uso desta função nesta matéria.   Verificando o espaço ocupado em disco Antes de prosseguir para eliminar diretamente o arquivo de hibernação, pode ser que você queira saber o espaço que está sendo ocupado em disco por ele. Para fazer esta verificação, basta seguir esses passos:   Aperte junto as teclas “Win + I” para abrir a tela de “Configurações” do Windows 10 e entre em “Sistema”;





        Entre em “Armazenamento” e clique na unidade de disco em que o Windows está instalado;





        Clique em “Sistema e reservado”;





        Em “Arquivo de hibernação”, você verá o espaço tomado em disco por conta deste recurso do sistema.

        Em nosso caso, como pôde ser visto acima, o arquivo de hibernação tomar mais de 1GB de espaço, entretanto, este valor varia de acordo com a sua utilização do sistema.   Eliminando o arquivo de hibernação Como você deve ter notado, nesta última janela que apareceu, o Windows não fornece nenhuma opção para remover o arquivo ou desabilitar o recurso. Para isto, é necessário entrar com um comando no sistema, que pode ser feito de forma bem simples. Veja:   Abra o “Menu Iniciar” e procure por “Powershell”. Clique com o botão direito do mouse sobre ele e execute-o como administrador;





        Entre com o comando: powercfg -h off;


        Reinicie o computador.   Após ter realizado o comando acima e reiniciar o computador, você pode repetir as etapas de verificar o espaço ocupado em disco para se certificar de que o arquivo de hibernação foi apagado. Caso queira reativar função de hibernação, basta abrir novamente o Powershell como administrador e entrar com o comando “powercfg -h on”.   Fonte: OlharDigital. Autor Chakal Categoria Sistemas Operacionais Enviado 08-01-2019 00:05  
    • Por Chakal
      A hibernação presente em alguns sistemas operacionais como o Windows, tem como principal função diminuir o tempo de inicialização do sistema, fazendo com o que o computador não seja desligado por completo. Apesar de ser útil, a função começou a ser esquecida com a popularização dos SSDs e fica até um pouco escondida no Windows 10.
      Por sua vez, mesmo estando escondida, a função vem ativa por padrão no sistema da Microsoft e precisa de um espaço considerável em disco para que ela possa funcionar. A seguir, veja como remover o arquivo de hibernação do Windows para ganhar espaço em disco.
       
      Importante
      Caso você utilize o modo de hibernação do Windows, não é recomendado seguir este tutorial, pois ao ter o arquivo de hibernação apagado, a função também acabará desabilitada do sistema, apesar do processo ser reversível conforme é explicado mais abaixo.
      Além disto, lembre-se que a hibernação pode ser um recurso útil para máquina mais antigas e que não possuem um disco SSD. O Olhar Digital já explicou como fazer o uso desta função nesta matéria.
       
      Verificando o espaço ocupado em disco
      Antes de prosseguir para eliminar diretamente o arquivo de hibernação, pode ser que você queira saber o espaço que está sendo ocupado em disco por ele. Para fazer esta verificação, basta seguir esses passos:
       
      Aperte junto as teclas “Win + I” para abrir a tela de “Configurações” do Windows 10 e entre em “Sistema”;





        Entre em “Armazenamento” e clique na unidade de disco em que o Windows está instalado;





        Clique em “Sistema e reservado”;





        Em “Arquivo de hibernação”, você verá o espaço tomado em disco por conta deste recurso do sistema.

       
      Em nosso caso, como pôde ser visto acima, o arquivo de hibernação tomar mais de 1GB de espaço, entretanto, este valor varia de acordo com a sua utilização do sistema.
       
      Eliminando o arquivo de hibernação
      Como você deve ter notado, nesta última janela que apareceu, o Windows não fornece nenhuma opção para remover o arquivo ou desabilitar o recurso. Para isto, é necessário entrar com um comando no sistema, que pode ser feito de forma bem simples. Veja:
       
      Abra o “Menu Iniciar” e procure por “Powershell”. Clique com o botão direito do mouse sobre ele e execute-o como administrador;





        Entre com o comando: powercfg -h off;


        Reinicie o computador.  
      Após ter realizado o comando acima e reiniciar o computador, você pode repetir as etapas de verificar o espaço ocupado em disco para se certificar de que o arquivo de hibernação foi apagado. Caso queira reativar função de hibernação, basta abrir novamente o Powershell como administrador e entrar com o comando “powercfg -h on”.
       
      Fonte: OlharDigital.
    • Por Chakal
      Windows: Como resolver quando o processo 'Windows Modules Installer Worker' deixa o PC lento?
      O alto consumo da CPU pela tarefa 'Windows Modules Installer Worker' é um erro comum nas máquinas com Windows, especialmente em computadores que executam o Windows 10. Você encontrará esse erro quando a ferramenta de instalação de módulos do Windows não estiver sendo responsiva no gerenciador de tarefas, causando o alto uso da CPU e conseqüentemente, a lentidão do PC. Mas a boa notícia é que você pode corrigir esse erro facilmente.  Explore métodos diferentes para resolver esse erro. Se um método não funcionar para você, tente outro. Nós testamos todos esses métodos. Eles são seguros e funcionam para 99% dos usuários com essa falha no PC.     O que é o Windows Modules Installer Worker? O Windows Modules Installer Worker é uma ferramenta incorporada no sistema operacional Windows, e serve para verificar se há atualizações. Seu sistema operacional atualiza e corrige bugs usando essa ferramenta. Para fazer seu trabalho, o processo Windows Modules Installer Worker faz um alto uso do disco, sendo executado em segundo plano. Às vezes, pode deixar de responder ao verificar atualizações e corrigir bugs. Como resultado, seu sistema pode ficar muito lento ou completamente sem resposta. Se você está tendo esse problema do Windows Modules Installer Worker, nós vamos sugerir algumas soluções. Abaixo, você aprenderá a corrigir o problema e manter seu computador funcionando sem interrupções adicionais.     Como corrigir o alto uso da CPU pelo Windows Modules Installer Worker? É fácil resolver esse erro comum desde que você siga as instruções abaixo.     Método 1: Desativar as atualizações automáticas do Windows Como explicado anteriormente, o erro do Windows Modules Installer Worker geralmente ocorre quando você tem um problema com as atualizações automáticas do Windows. É mais comum entre os usuários do Windows 10, mas também pode acontecer com as versões do Windows 7 e 8. Um dos métodos mais fáceis de resolver o uso excessivo de CPU do Windows é deixar as atualizações no modo 'manual'. Com isso feito, o processo do Windows Update não é executado em segundo plano. Como resultado, ele não ficará sem resposta e não consumirá mais os recursos do sistema. Siga os passos abaixo para resolver este problema. Você aprenderá a desabilitar o Windows Modules Installer Worker. NOTA: Se este método não funcionar para você, use o método 2, onde ensinamos o TIWORKER.EXE.     Passo 1 Pressione o botão do Windows + R no teclado. Agora digite 'services.msc' e clique em OK.   Passo 2 Uma nova janela aparecerá. Agora, pesquise por "instalador do módulo do Windows" depois de clicar no ícone de pesquisa no canto superior direito da janela.   Passo 3 Depois de ter encontrado o Instalador do Módulo do Windows, clique duas vezes nele. Você verá uma nova janela. Localize 'Tipo de Inicialização' (como visto na figura abaixo). Mude de "automático" para "manual". Clique em OK na parte inferior da janela.   Passo 4 Agora volte para a janela services.msc. Procure por 'Windows Update' desta vez e defina-o como 'manual'. Basta clicar duas vezes e alterar o tipo de inicialização, como fez na etapa anterior.   Passo 5 Agora pesquise na barra do Windows por 'Windows Update' e abra o serviço. Vá em "verificar se há atualização, mas deixe-me escolher se deseja fazer o download e instalá-los". Clique em OK e feche todas as janelas.   Passo 6 Reinicie seu computador. Depois que o computador for reiniciado, você terá a atualização 'manual' ativada. Certifique-se de verificar manualmente o Windows para atualizações em intervalos regulares. Seu computador não atualizará mais automaticamente. A falta de atualizações importantes pode tornar o seu sistema operacional instável, e causar vários problemas de desempenho.     Método 2: Corrigir o TIWORKER.EXE Às vezes, o gerenciador de tarefas indica alto uso da CPU, mesmo quando você altera as atualizações 'automáticas' para atualizações 'manuais'. Em tais casos, o problema é devido ao tiworker.exe. Este arquivo executável também está conectado ao Windows Update. Quando o tiworker.exe está causando alto uso da CPU, você pode simplesmente corrigi-lo seguindo as etapas abaixo.   Passo 1 Os usuários do Windows 10 devem pressionar o botão Iniciar do Windows e procurar por "Verificar o status do computador e resolver problemas". Clique para ir para a página de solução de problemas dedicada. Para usuários em versões mais antigas do Windows, basta pesquisar em Solução de problemas no painel de controle.   Passo 2 Na nova janela, clique em “Manutenção” e depois em "Iniciar Manutenção". Seu computador começará a detectar problemas no seu sistema. Levará um minuto ou mais. Uma vez feito, você deve reiniciar seu computador.      Método 3: Executar uma inicialização limpa O último passo que você pode dar para resolver seu problema é executar uma inicialização limpa. Você estará fazendo isso através da ferramenta "MSConfig", encontrada m todas as versões do Windows. Esta ferramenta permite encontrar os arquivos indesejados e temporários em seu sistema. Ao excluí-los, você pode liberar uma certa quantidade de espaço. Além disso, liberará sua CPU de serviços e processos indesejados. Conseqüentemente, você experimentará um uso reduzido da CPU.   Passo 1 Clique no botão Windows e digite msconfig.exe. Uma vez encontrado, abra-o. Depois de ver a janela do MSConfig, basta selecionar a inicialização normal. Pressione OK. Agora vá em frente e reinicie o computador seguindo as instruções na tela.     Passo 2 Após a reinicialização, você não deve ver um alto uso da CPU. Você pode abrir quantos aplicativos quiser sem se preocupar com o fato de seu computador ficar terrivelmente lento. Estes são os métodos mais comuns para corrigir o problema do Windows Installer. Esperamos que um dos métodos tenha resolvido seus problemas. Caso contrário, atualize o hardware do seu sistema.   Fonte: OficinaNet. Autor Chakal Categoria Sistemas Operacionais Enviado 07-01-2019 19:16  
    • Por Chakal
      O alto consumo da CPU pela tarefa 'Windows Modules Installer Worker' é um erro comum nas máquinas com Windows, especialmente em computadores que executam o Windows 10. Você encontrará esse erro quando a ferramenta de instalação de módulos do Windows não estiver sendo responsiva no gerenciador de tarefas, causando o alto uso da CPU e conseqüentemente, a lentidão do PC. Mas a boa notícia é que você pode corrigir esse erro facilmente. 
      Explore métodos diferentes para resolver esse erro. Se um método não funcionar para você, tente outro. Nós testamos todos esses métodos. Eles são seguros e funcionam para 99% dos usuários com essa falha no PC.
       
       
      O que é o Windows Modules Installer Worker?
      O Windows Modules Installer Worker é uma ferramenta incorporada no sistema operacional Windows, e serve para verificar se há atualizações. Seu sistema operacional atualiza e corrige bugs usando essa ferramenta.
      Para fazer seu trabalho, o processo Windows Modules Installer Worker faz um alto uso do disco, sendo executado em segundo plano. Às vezes, pode deixar de responder ao verificar atualizações e corrigir bugs. Como resultado, seu sistema pode ficar muito lento ou completamente sem resposta.
      Se você está tendo esse problema do Windows Modules Installer Worker, nós vamos sugerir algumas soluções. Abaixo, você aprenderá a corrigir o problema e manter seu computador funcionando sem interrupções adicionais.
       
       
      Como corrigir o alto uso da CPU pelo Windows Modules Installer Worker?
      É fácil resolver esse erro comum desde que você siga as instruções abaixo.
       
       
      Método 1: Desativar as atualizações automáticas do Windows
      Como explicado anteriormente, o erro do Windows Modules Installer Worker geralmente ocorre quando você tem um problema com as atualizações automáticas do Windows. É mais comum entre os usuários do Windows 10, mas também pode acontecer com as versões do Windows 7 e 8.
      Um dos métodos mais fáceis de resolver o uso excessivo de CPU do Windows é deixar as atualizações no modo 'manual'. Com isso feito, o processo do Windows Update não é executado em segundo plano. Como resultado, ele não ficará sem resposta e não consumirá mais os recursos do sistema.
      Siga os passos abaixo para resolver este problema. Você aprenderá a desabilitar o Windows Modules Installer Worker.
      NOTA: Se este método não funcionar para você, use o método 2, onde ensinamos o TIWORKER.EXE.
          Passo 1
      Pressione o botão do Windows + R no teclado. Agora digite 'services.msc' e clique em OK.

       
      Passo 2
      Uma nova janela aparecerá. Agora, pesquise por "instalador do módulo do Windows" depois de clicar no ícone de pesquisa no canto superior direito da janela.

       
      Passo 3
      Depois de ter encontrado o Instalador do Módulo do Windows, clique duas vezes nele. Você verá uma nova janela. Localize 'Tipo de Inicialização' (como visto na figura abaixo). Mude de "automático" para "manual". Clique em OK na parte inferior da janela.

       
      Passo 4
      Agora volte para a janela services.msc. Procure por 'Windows Update' desta vez e defina-o como 'manual'. Basta clicar duas vezes e alterar o tipo de inicialização, como fez na etapa anterior.

       
      Passo 5
      Agora pesquise na barra do Windows por 'Windows Update' e abra o serviço. Vá em "verificar se há atualização, mas deixe-me escolher se deseja fazer o download e instalá-los". Clique em OK e feche todas as janelas.

       
      Passo 6
      Reinicie seu computador. Depois que o computador for reiniciado, você terá a atualização 'manual' ativada.
      Certifique-se de verificar manualmente o Windows para atualizações em intervalos regulares. Seu computador não atualizará mais automaticamente. A falta de atualizações importantes pode tornar o seu sistema operacional instável, e causar vários problemas de desempenho.
       
       
      Método 2: Corrigir o TIWORKER.EXE
      Às vezes, o gerenciador de tarefas indica alto uso da CPU, mesmo quando você altera as atualizações 'automáticas' para atualizações 'manuais'.
      Em tais casos, o problema é devido ao tiworker.exe. Este arquivo executável também está conectado ao Windows Update.
      Quando o tiworker.exe está causando alto uso da CPU, você pode simplesmente corrigi-lo seguindo as etapas abaixo.
       
      Passo 1
      Os usuários do Windows 10 devem pressionar o botão Iniciar do Windows e procurar por "Verificar o status do computador e resolver problemas". Clique para ir para a página de solução de problemas dedicada.
      Para usuários em versões mais antigas do Windows, basta pesquisar em Solução de problemas no painel de controle.
       
      Passo 2
      Na nova janela, clique em “Manutenção” e depois em "Iniciar Manutenção". Seu computador começará a detectar problemas no seu sistema.

      Levará um minuto ou mais. Uma vez feito, você deve reiniciar seu computador. 
       
       
      Método 3: Executar uma inicialização limpa
      O último passo que você pode dar para resolver seu problema é executar uma inicialização limpa. Você estará fazendo isso através da ferramenta "MSConfig", encontrada m todas as versões do Windows.
      Esta ferramenta permite encontrar os arquivos indesejados e temporários em seu sistema. Ao excluí-los, você pode liberar uma certa quantidade de espaço. Além disso, liberará sua CPU de serviços e processos indesejados.
      Conseqüentemente, você experimentará um uso reduzido da CPU.
       
      Passo 1
      Clique no botão Windows e digite msconfig.exe. Uma vez encontrado, abra-o. Depois de ver a janela do MSConfig, basta selecionar a inicialização normal. Pressione OK. Agora vá em frente e reinicie o computador seguindo as instruções na tela.

       
        Passo 2
      Após a reinicialização, você não deve ver um alto uso da CPU. Você pode abrir quantos aplicativos quiser sem se preocupar com o fato de seu computador ficar terrivelmente lento.
      Estes são os métodos mais comuns para corrigir o problema do Windows Installer. Esperamos que um dos métodos tenha resolvido seus problemas. Caso contrário, atualize o hardware do seu sistema.
       
      Fonte: OficinaNet.
    • Por Chakal
      Windows 10: Como recuperar um arquivo ZIP corrompido?
      Os arquivos ZIP podem ser a maneira mais comum e conveniente de armazenar e enviar vários arquivos, com tamanho reduzido. O formato de arquivo ZIP é usado por praticamente todos os usuários on-line. Sendo esse o caso, há uma boa chance de você eventualmente encontrar um arquivo ZIP corrompido, até porque apenas um único bit corrompido em um arquivo, dentre dezenas de arquivos lá dentro, pode impedir que o software abra ou extraia seu conteúdo.   Porque o arquivo ZIP foi corrompido? Arquivos corrompidos podem resultar de uma variedade de problemas, incluindo setores de unidade defeituosa, malware, um download incompleto ou transferência, como durante uma queda em sua conexão, ou qualquer outra interrupção súbita, como uma falha de energia ou um desligamento inadequado ao trabalhar com o arquivo ZIP .U m arquivo ZIP corrompido pode ser aberto para você de qualquer maneira, mas alguns dos arquivos originais podem estar faltando, e a tentativa de abrir ZIPs danificados normalmente faz com que o Windows acuse o seguinte erro: "O Windows não pode abrir a pasta. A pasta Compactada (zipada) 'C://Users/NOME DO ARQUIVO.zip' é inválida" Leia em destaque: Como desbloquear o Windows quando você esquece a senha?. O WinRAR fornece uma ferramenta de reparo integrada para arquivos ZIPdanificados. Abra o arquivo e vá em Ferramentas > Reparar arquivo. O WinRAR geralmente consegue recuperar boa parte dos arquivos de um ZIP corrompido com esse recurso. No entanto, o software só é gratuito por 40 dias, após o qual uma licença para continuar usando o software custará cerca de R$ 140,00. Softwares similares e gratuítos como o WinZip e o 7-Zip não parecem ter ferramentas de reparo integradas, mas as empresas oferecem páginas de informações sobre arquivos ZIP corruptos. Ferramentas para recuperar um arquivo ZIP corrompido   DiskInternals Zip Repair Grátis para baixar, esse é um bom sotfware para recuperar arquivos corrompidos no formato ZIP. Ele é dedicado para reparar este formato de arquivo, por isso tem menos confusão para navegar do que o WinRAR, e é iniciado com um prompt no estilo do assistente, em vez de você ter que usar um menu. A interface espartana tem ainda menos cliques envolvidos do que DiskInternals. Você abre o ZIP corrompido e o software automaticamente inicia seu processo, enviando todos os arquivos recuperados para o diretório de origem sem perguntar nada. Ele funciona tão bem quanto o DiskInternals.       Ferramentas para recuperar arquivos ZIP corrompidos pagas Há outras ferramentas licenciadas e dedicadas a recuperar arquivos corrompidos, mas não são gratuítas.   DataNumen Archive Repair A taxa de recuperação de arquivos corrompidos com esta ferramenta é alta, mas é necessário pagar uma taxa de licença. Dito isso, sua interface parece menos polida do que DiskInternals ou Zip2Fix, que são gratuitos e tem boas taxas de sucesso.    Yodot ZIP Repair Sua interface é pesada se comparado ao DiskInternals Zip Repair, e ele bloqueia seus arquivos, sendo necessário pagar uma taxa para recuperá-los, assim como o Aryson Zip Repair Software e o Zip Recovery Toolbox.   Bônus... A única outra razão pela qual você pode não conseguir abrir um arquivo ZIP é devido a uma senha esquecida. Vale ressaltar que, embora o ZIP Recovery Toolbox e alguns dos outros utilitários mencionados acima processem arquivos protegidos por senha, eles ainda exigirão que você forneça a senha para concluir a recuperação. No entanto, se você esqueceu sua senha, também há utilitários especificamente para esse problema. O iSeePassword é capaz de recuperar senhas, mas tem um custo.   Fonte: OficinaNet. Autor Chakal Categoria Sistemas Operacionais Enviado 07-01-2019 18:59  
  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.