Jump to content
  • Embracer dispensa numerosos colaboradores do estúdio de Borderlands

    403 - Forbiddeen
    • 22 views

     Share

    Em mais uma rodada de dispensas, o grupo Embracer realizou um novo corte de empregados, desta vez reduzindo a equipe do estúdio Lost Boys, famoso por seu suporte técnico ao Gearbox Software, responsável pela franquia Borderlands, entre outras.

    Apesar de ainda não ter sido divulgado o número exato de demitidos, o ex-produtor do estúdio, Jared Pace, mencionou em seu perfil no LinkedIn (verificado via Aftermath) que o corte inclui uma “porção significativa” de pessoas, incluindo ele mesmo.

    data:image/svg+xml,%3Csvg%20xmlns=Embracer Group

    Imagem: Embracer Group

    A relação talvez pareça complicada, mas na verdade é fácil de entender: em 2021, o grupo Embracer adquiriu o Gearbox Software, optando por mantê-lo como uma subsidiária e permitindo que ele mantivesse seus ativos, propriedade intelectual e finanças separados.

    Isso possibilitou ao Gearbox adquirir o Lost Boys em 2022. Com esse investimento, houve um aumento no número de funcionários nas três empresas, com cerca de 400 novos colaboradores.

    Esses colaboradores estão agora passando por uma rodada de demissões, como parte do plano de reestruturação anunciado pelo Embracer em 2023, que vem resultando em uma redução significativa do quadro de funcionários da empresa, como já visto aqui (e aqui, e aqui também).

    O Lost Boys foi fundado originalmente em 2017 e é conhecido por desenvolver títulos menores, mas com certo destaque, como Tiny Tina’s Wonderlands e The Quiet Man. Além de seu trabalho como suporte técnico para um estúdio de desenvolvimento, o Lost Boys também esteve envolvido em vários aspectos do jogo Diablo IV.

    “Foi um período incrível, cheio de desafios e belas amizades. Se você ver algum ex-funcionário do Lost Boys procurando emprego após as demissões, contrate-os imediatamente. Eles são o melhor grupo de artistas com os quais já trabalhei.” – Spicer McElroy, ex-diretor de arte do Lost Boys

    Mas por que o Embracer está realizando tantas demissões?

    Das empresas que realizaram demissões em 2023, o Grupo Embracer pode não ser a maior, mas certamente é um dos casos mais notáveis: no primeiro semestre de 2023, o grupo estava contando com um investimento de um conglomerado de mídia saudita, avaliado em cerca de US$ 2 bilhões (R$ 9,73 bilhões).

    No entanto, o investimento acabou não se concretizando, deixando o Embracer com poucas opções. O resultado foi uma série extensa de demissões nos diversos estúdios subsidiários do grupo, resultando não apenas no corte de funcionários, mas também no fechamento de empresas inteiras (como no caso do “Caso Onoma”).

    Isso tudo indica que a instabilidade no mercado de trabalho da indústria de jogos ocorrida em 2023 ainda está se refletindo no início de 2024.


    GGames é um verdadeiro devorador de conhecimento tecnológico, imerso no universo inebriante das engrenagens digitais.
    Imagens e vídeos de terceiros

     Share


    User Feedback

    Recommended Comments

    There are no comments to display.




×
×
  • Create New...

Important Information

Terms of Use Privacy Policy Guidelines