iBassini

Ness comenta mudança do Hearthstone para Teamfight Tatics

Recommended Posts

O streamer Fernando “Ness” Torigoe era conhecido por suas transmissões de Hearthstone. Após três anos jogando o card game da Blizzard, Ness decidiu mudar de ares e passou a transmitir Teamfight Tatics. Além de Ness, outros streamers estrangeiros fizeram o mesmo caminho que o brasileiro. O Mais Esports conversou com Ness e ele sobre os motivos de sua mudança, semelhanças entre os jogos e mais. Confira.

636758043848825822-800x800.jpeg Reprodução/Internet

MOTIVOS PARA A MUDANÇA

Questionado sobre a alteração de suas streams do Hearthstone para o Teamfigt Tatics, Ness respondeu: “Eu já estava meio cansado de jogar o mesmo jogo todo dia por mais de três anos”. Além disso, o streamer criticou a progressão do Hearthstone para jogadores que já possuem muito tempo de game play. Ele citou esse fator como um dos pilares de sua mudança.

“Outro motivo é que o Hearthstone não tem uma progressão muito boa para jogadores experientes. Quando você já é bom com os decks que você gosta de jogar, ou você joga com os que você não aprecia ou a melhora é pouco significativa”, afirmou.

Ness também falou que ainda não está aposentado do card game, mas que a curto prazo não pensa em voltar a jogar.

MUDANÇA DO HEARTHSTONE PARA O TFT

Assim como Ness, diversos outros criadores de conteúdo também fizeram essa troca. Segundo ele, os motivos são parecidos com os seus. “Diversos streamers como o dog, hafu, disguised toast, entre outros, já estavam expressando a falta de vontade de jogar Hearthstone por diversos motivos similares e também pessoais”, comentou.

Com a troca de jogos, as streams de Nesse mudaram muito. Ele comenta que a qualidade da live estava prejudicada por conta de seu cansaço de estar no mesmo jogo por três anos. “Eu nunca conseguia jogar mais de quatro horas seguidas de Hearthstone. Sempre misturava e jogava outros jogos de estratégia e puzzle”, revelou. “No TFT eu consigo jogar horas seguidas e o tempo passa muito rápido. Não tenho tido nem tempo pra variar o conteúdo como eu gostaria”, completou.

SEMELHANÇAS ENTRE TFT E HEARTHSTONE

Apesar de parecerem jogos diferentes, Ness afirma que o TFT e Hearthstone são parecidos. “O TFT é uma espécie de draft de cartas, formato muito comum pra quem tá familiarizado com card games, no qual você monta o seu deck com uma quantidade limitada de cartas disponíveis”, falou. Como exemplo, o streamer usou o modo de jogo Arena do Hearthstone como comparação.

“Pense que cada campeão é uma carta e seu objetivo é montar o melhor baralho possível. Nem sempre a junção das cartas mais fortes fazem o melhor baralho, mas sim a sinergia entre elas”.

Sobre o novo jogo, Ness elenca pontos positivos de estar transmitindo outro título. O streamer cita fatores como a novidade de um novo estilo, “a diversão e a oportunidade de conhecer novas pessoas e comunidades diferentes” como bons motivos de estar atuando no TFT.

O RNG NO TFT

Ness falou sobre o fator RNG presente no game. Segundo ele, mais importante que conquistar uma vitória é ser consistente nas partidas. “O TFT também tem RNG, assim como em diversos card games e o Poker. Uma vitória não é muito impressionante. O que importa é a consistência”, revelou.

“É impossível ganhar todas as partidas de TFT. Por isso você deve buscar sempre ficar entre os 3 ou 4 melhores”, completou.


9dd35565353000e11f3d1fc3aa5f6307.gif

Aquela pessoa que ajuda os outros simplesmente porque deveria ou precisa ser feito, e porque é a coisa certa a fazer, é sem dúvida, um super-herói de verdade.

- Stan Lee

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By iBassini
      O lançamento de Teamfight Tactics está dando o que falar — e também o que assistir. Aproveitando a chegada do TFT na semana passada, o jogador brasileiro Rafael “Rakin” Knittel se destacou e foi um dos cinco streamers mais assistidos do planeta no “Auto Chess” do League of Legends.
      Rakin acumulou mais de 488 mil horas entre seus espectadores nos últimos sete dias, ficando atrás de DisguisedToast, Reckful, Handongsuk e Hafu. As informações são do Twitter do Esports One.
      Depois do lançamento, a Riot Games já confirmou que as filas ranqueada de TFT chegarão ainda nesse mês (confira a data aqui no Mais Esports) e Twisted Fate será o novo campeão a integrar o modo “Auto Chess” de League of Legends. E se você está interessado em saber como serão as competições de TFT, saiba que a Riot Games também está planejando um campeonato desse modo.
    • By iBassini
      O assassino Pyke recebeu um nerf! Junto com ele, o item Shojin também sofreu uma redução nos seus atributos. Já a composição de Yordle recebeu um buff,revelou o Rioter August, responsável pelo balanceamento do TeamFight Tactics. Essas atualizações já chegaram ao servidor!
      Nerfs no TFT
      Pyke
      Duração do stun reduzida de 2.5/3/3.5 para 2/2.5/3 Shojin Corrigido um bug que, mesmo depois do nerf, ainda estava fazendo com que Shojin desse 20% de mana no hit. Reduzido de 20% para 15% Buffs no TFT
      Yordle
      Chance de esquiva aumentada de 20/50% para 25/60%
    • By iBassini
      O criador de conteúdo e jogador profissional de League Of Legends Rafael “Rakin” Knittel não poderá participar do campeonato de TeamFight Tactics, organizado pela Twitch, por problemas com a plataforma de streaming.

      “Devido ao fato de eu estar negociando com outras plataformas, a Twitch decidiu, infelizmente, que eu não vou poder fazer parte desse campeonato de TFT. Assim, eles têm total direito, o campeonato é deles, eu ainda sou parceiro dele”, disse em vídeo. “Realmente estou negociando com outras plataformas, sou total transparente com eles sobre isso, principalmente com a pessoa da Twitch Brasil, que acabou não sendo uma pessoa que achei que ele fosse”, continuou Rakin.
      Rakin afirmou que vinha desejando renegociar seu contrato com a empresa há meses, a Twitch concordava, mas não enviava um novo contrato, embarreirando o processo. Com isso, o streamer buscou novas plataformas.
      “O que aconteceu foi que eu cheguei para a Twitch e disse: ‘Olha, o meu contrato vai até X data, mas eu gostaria de renegociar’ e eles falaram ‘tudo bem, vamos renegociar’ […] Eu fui lá, conversei com a galera da Twitch Brasil, eles falaram ‘tá, nós vamos fazer isso, isso e isso e podemos fazer o contrato X para você por tal tempo”.
      “Eu falei: ‘Nossa, da hora, maravilhoso, vamos começar a trabalhar em cima desse contrato. Mas aí passou um mês, dois meses, três meses, e nada. E eu estava perdendo o tempo de contrato com as outras plataformas”.
      Desde a chegada do TFT no PBE, Rakin tem realizado diversas transmissões do novo modo, tendo inclusive sendo um dos 5 streamers mais assistidos em todo mundo na primeira semana de lançamento. Semanalmente, Rakin disputa a “Copa Meu Bom”, torneio criado pelo streamer com outras figuras do cenário brasileiro.
      O Twitch Rivals será realizado pela Riot Games em parceria com a Twitch e terá a premiação total US$125 mil dólares. Serão 64 streamers convidados e os jogos começarão no dia 17 de julho, às 13h.
    • By iBassini
      Os profissionais de TFT que se preparem: a Riot Games detalhou, por meio de uma postagem nessa sexta-feira (5), como funcionará o modo ranqueado de Teamfight Tactics.
      Segundo os desenvolvedores, as rankeds funcionarão de forma similar ao modo clássico de League of Legends. Serão as mesmas divisões e, no final de cada partida, você ganhará ou perderá PL (Pontos de Liga) baseado na sua colocação final.
      “Queremos que o ranking em TFT seja tão satisfatório quanto o ranking em Summoner’s Rift, mesmo que os detalhes de quantos PLs você perca sejam um pouco diferentes. Ser Diamante em TFT deve ser similar a ser Diamante no LoL, e somente os melhores jogadores devem estar aptos para chegar ao Desafiante”, comenta a equipe da Riot na postagem original.
      Os detalhes que os desenvolvedores comentaram são os seguintes:
      Você ganhará muitos PLs se terminar em primeiro; Você ganhará PLs se terminar de quarto para cima, e perderá se terminar de quinto para baixo; Não há Série de Promoção no TFT: ao atingir 100 pontos você é automaticamente promovido e carrega os pontos para a próxima Divisão; Da mesma forma, você cairá se perder com 0 PL; Com isso, os jogadores sentirão que subir nos ranking será muito mais fácil; Premade será um pouco diferente: você poderá entrar com cinco amigos se for Gold ou abaixo, mas somente com três se for acima de Platina (mais informações abaixo). Premade do TFT e recompensas
      As restrições de salas entre amigos para participar das ranqueadas funcionarão como na tabela abaixo.
      Tabela de como funcionará o premade em partidas ranqueadas de TFT. Se você for Ouro, por exemplo, poderá entrar em uma party com amigos do Bronze à Platina. (Divugação/Riot Games) A equipe ainda não definiu quais serão as recompensas da primeira temporada. Mas, da mesma forma que no League of Legends convencional, a Riot Games fará grandes mudanças entre uma temporada e outra, como adicionar novos campeões, novos itens e mudanças no sistema geral do jogo.
      Vale lembrar que o modo ranqueado de TFT chegará na atualização 9.14 que é prevista para o dia 17 de julho. Recentemente, algumas mudanças atingiram Pyke, Shojin e a composição de Yordle. E você, como está a sua empolgação com o “Auto Chess” do League of Legends?
    • By iBassini
      Dois fãs do TeamFight Tactics desenvolveram uma nova ferramenta que facilitará a vida dos jogadores. O TFT Builder possibilita testar composições e sinergias fora da partida.
      Criado pelos jogadores MRKapoty e Andy, o sistema é intuitivo e permissivo. Na tela inicial, basta escolher as classes e origens que deseja utilizar, além da quantidade de campeões.
      Depois dessa tela, os campeões de cada classe e origem aparecerão na primeira coluna. Então, basta clicar em build e o sistema irá gerar todas as combinações possíveis. Com isso, a última coluna da página mostrará as possíveis combinações de acordo com os critérios definidos.

  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.