jlaM

FURIA luta até o fim, mas Vitality vence e conquista título da ECS S7

Recommended Posts

A FURIA é vice-campeã da ECS Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive.

A equipe enfrentou a Team Vitality na final do torneio, lutou até o fim, mas foi superada por 2 a 0 nos mapas Inferno e Overpass. Com a vitória, os franceses levam para casa US$ 225 mil, enquanto os brasileiros faturaram US$ 100 mil.

1560098138286-yuurih-sad.jpeg

As escalações

FURIA

  • Yuri "yuurih" Gomes
  • Kaike "kscerato" Cerato
  • Andrei "arT" Piovezan
  • Vinicius "VINI" Figueiredo 
  • Rinaldo "ableJ" Moda
  • Nicholas "guerri" Nogueira (treinador)

Team Vitality

  • Nathan "NBK" Schmitt
  • Dan "apEX" Madesclaire
  • Cédric "RpK" Guipouy
  • Mathieu "ZywOo" Herbaut
  • Alex "ALEX" McMeekin
  • Rémy "XTQZZZ" Quoniam (treinador)

1560102730510-fu-vs-vi.png

O confronto

Inferno

A FURIA teve um bom início de terrorista, com kscerato brilhando e o placar de 3 a 0 na tela. Após isso, a Vitality se tornou absoluta e conseguiu sete rodadas vitoriosas seguidas, frente a uma FURIA já previsível. No finalzinho do half, os brasileiros conseguiram a recuperação e diminuíram a vantagem inimiga para apenas 8 a 7.

Com um grande foco no bombsite A e a dupla ZywOo e ALEX em grande forma, os franceses fizeram um segundo tempo praticamente perfeito. A FURIA tentava resistir da forma que podia, mas não conseguiu empolgar nem na defesa e nem nos retakes. A Vitality, por outro lado, disparou na frente e só parou no 16 a 9, em mais uma boa atuação de ZywOo e ALEX.

Overpass

O ótimo momento da Vitality no duelo seguiu em Overpass. A equipe da França começou de contra-terrorista e ditou o ritmo do jogo do começo ao fim. ZywOo era o dono da rua e cobrava pedágio de todos que passavam por lá, enquanto no bombsite B o trabalho em equipe prevalecia para evitar as intenções da FURIA. Os brasileiros tentaram mudar a situação com garra, mas pouquíssima criatividade, e por isso ficaram na grande desvantagem de 12 a 3.  

A emoção da torcida brasileira, que já estava à flor da pele, ficou ainda mais intensa na segunda etapa. Kscerato brilhou mais uma vez, mas ainda assim não conseguiu salvar o pistol. Nisso, a Vitality aproveitou a superioridade econômica e bélica, partiu pra cima do Brasil e, rapidamente, chegou ao matchpoint em 15 a 3. Após isso, os FURIOSOS garantiram sobrevida por apenas mais uma rodada, mas logo sucumbiram em um rush no bombsite B, que resultou no placar de 16 a 3 no mapa, além da série em 2 a 0.

O campeonato

A ECS S7 de CS:GO aconteceu em Londres, Inglaterra, entre 6 de junho e acabou hoje, dia 9. A disputa contou com oito times e premiação total de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 1,9 milhão).

  • 1º Lugar: Team Vitality - US$ 225 mil
  • 2º Lugar: FURIA - US$ 100 mil
  • 3º/4º Lugar: North e NRG - US$ 50 mil
  • 5º/6º Lugar: Astralis e compLexity - US$ 25 mil
  • 7º/8º Lugar: MIBR e NiP - US$ 12,5 mil

 

Fonte: Versus


xbox-001.png

Share this post


Link to post
Share on other sites


Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By jlaM
      Última representante brasileira nas finais da ESL Pro League - 9ª temporada de Counter-Strike, a MIBR foi eliminada da competição após derrota nesta quinta-feira (20) para a Team Liquid por dois mapas a zero.

      Depois de ter vencido a North mais cedo por dois mapas a um, a equipe formada por brasileiros não foi páreo para os americanos, que contaram com o “velho conhecido” Jake "Stewie2K" Yip, que já havia jogado na MIBR.
      No mapa que a equipe havia derrotado a North, desta vez uma derrota. Com um início bom, os americanos venceram o pistol e abriram vantagem, fechando a primeira metade em 9x6. Depois, do lado contra-terrorista, a Team Liquid venceu rounds econômicos cruciais, que mantiveram a vantagem e fizeram a equipe americana fechar o mapa em 16x13.
      No segundo, Dust2, de escolha da Liquid, mais um confronto acirrado, e nova vitória americana. Apesar de terminar à frente na primeira metade, liderando por 8x7, a MIBR não conseguiu ir bem no lado contra-terrorista, perdendo por 9x1 e sendo derrotada por 16x9 no mapa. 
      O grande destaque da série foi o americano Jonathan "EliGE" Jablonowski, que teve 53 abates e 29 mortes apenas, tendo o melhro saldo da Liquid.
      Fonte: FolhaPE
    • By jlaM
      A ESL Pro League Season 9 de CS:GO chegou nesta quinta-feira (20) ao seu último dia de disputas da fase de grupos. Neste, a MiBR - último time brasileiro restante na competição - enfrentou e venceu a North por 2 a 1, e agora avança para tentar uma vaga nos playoffs. 

      A MiBR abriu a partida melhor de três (md3) com vitória dominante na Mirage por 16 a 5. O segundo mapa, Inferno, foi vencido pela North por 16 a 13 e, com isto, as equipes se enfrentaram em um último confronto em Overpass, em que os brasileiros confirmaram a vitória também por 16 a 13.

      Dessa forma, a MiBR eliminou a North da disputa e segue para a decisão da lower bracket do Grupo B, que acontece ainda nesta quinta-feira (20) às 14h do horário de Brasília. A partida será contra o vencedor do confronto entre HellRaisers e Team Liquid.  
      O campeonato
      A  ESL Pro League Season 9 de CS:GO acontece entre 18 e 23 de junho, em Montpellier, França. 16 equipes - sendo MIBR, Luminosity e DETONA as representantes brasileiras - entraram para a disputa do título e também da premiação de US$ 600 mil (aproximadamente R$ 2,3 milhões).

      A LG e a DETONA já estão eliminadas da competição, enquanto a MIBR é o único time do Brasil remanescente no campeonato.
      Fonte: Versus
    • By jlaM
      Deu MIBR no duelo brasileiro na ESL Pro League de Counter-Strike:Global Offensive. O time de Gabriel "Fallen" superou os compatriotas da Luminosity por 2x0, nesta quarta-feira, em Montpellier, na França, e avançou para a segunda rodada da chave inferior. Após o triunfo, a MIBR aguarda o vencedor de FaZe Clan e North, em partida prevista para esta quinta-feira, às 17h no horário de Brasília.
       
      A série teve início no mapa Mirage, e a Luminosity largou na frente ao vencer os dois primeiros rounds. A MIBR correu atrás e terminou a primeira metade do confronto na dianteira por 10x5. Novamente a LG venceu o pistol e o round seguinte na troca de lados, mas não foi o bastante para impedir a vitória de Fallen e companhia por 16x9.
      Em seguida, no mapa Dust 2, a Luminosity, começando como TR, repetiu o roteiro do primeiro embate, vencendo o pistol, mas desta vez emendou três a zero e seguiu com vantagem até o fim da primeira metade, em 11x4. Na troca de lados, TACO fez ótima jogada, com direito a quadra kill. A partida seguiu apertada, com os times trocando rounds até que a MIBR tomou a dianteira após os adversários não conseguirem desarmar a C4. A daí para a frente o confronto continuou favorável para o time da MIBR, que fechou o placar com 16x13.
      Fonte: e-SporTV
    • By jlaM
      A DETONA está eliminada das finais da ESL Pro League Season 9. Após perder para a Heroic na estreia, os brasileiros enfrentaram a Cloud9 precisando da vitória a qualquer custo e ainda assim acabaram derrotados por 2 a 0, nos mapas Dust 2 e Mirage. Ambos os confrontos aconteceram nesta terça-feira (18).

      As escalações
      DETONA Gaming
      André "tiburci0" Rossetto Matheus "prt" Scuvero Vinicius "v$m"  Moreira Wesley "hardzão" Lopes Matheus "Tuurtle" Anhaia Henrique "rickz" Waku (treinador) Cloud9
      Maikil "Golden" Selim Timothy "autimatic" Ta William "RUSH" Wierzba Daniel "vice" Kim (trial) René "cajunb" Borg Soham "valens" Chowdhury (treinador)
      O confronto
      Dust 2
      A Cloud9 começou de contra-terrorista e dominou a DETONA no primeiro tempo do começo ao fim. Aparentemente os brasileiros sentiram a pressão, jogaram de forma passiva e bem diferente do que estão acostumados e foram envolvidos completamente no jogo dos norte-americanos. A C9 por sua vez, esbanjou confiança, avançou quando queria, puniu o Brasil e conquistou a vantagem incrível de 14 a 1.
      Na segunda metade a DETONA conseguiu sobreviver no pistol e nos anti-ecos, mas sucumbiu nos armados e sofreu a primeira derrota de 16 a 4.
      Mirage
      A DETONA teve um bom começo no primeiro half de terrorista e pareceu o time agressivo que a torcida assiste no Brasil. A Cloud9 sofreu para lidar com os brasileiros, mas aos poucos se adaptou ao estilo apresentado e utilizou toda a experiência dos seus players para resolver rodadas no detalhe e garantir 10 a 5 no lado defensivo.
      No pistol da segunda etapa Hardzao foi o homem da DETONA com quatro eliminações. Ele levou o time a encostar no placar adversário em 10 a 8. No entanto, em um déjà vu da partida anterior, bastou a C9 se armar para recuperar o controle da situação e seguir vencendo até o fim, com exceção de apenas uma rodada, pelo placar de 16 a 9.
      O campeonato
      A  ESL Pro League Season 9 de CS:GO acontece entre 18 e 23 de junho, em Montpellier, França. Por lá, 16 equipes no total - sendo MIBR, Luminosity Gaming e DETONA Gaming as representantes brasileiras - lutam pelo título e pela maior parte da premiação de US$ 600 mil, aproximadamente R$ 2,3 milhões.
      Fonte: Versus
    • By jlaM
      MIBR, Luminosity e Detona estrearam nas finais da nona temporada da ESL Pro League de CS:GO com derrota em suas partidas. Os jogos iniciais são disputados em melhor de um e as equipes brasileiras caíram diante de mousesports (16-8), HellRaisers (16-7) e Heroic (16-8), respectivamente.

      O resultado, no entanto, não elimina nenhuma das equipes e todas seguem vivas no Lower Bracket, onde brigarão pela vida na competição.
      Início sem vitória brasileira
      O primeiro time a cair foi a Detona, que diante da Heroic, no mapa da Dust2, sofreu o 8-7 na primeira metade e perdeu o mapa após os dinamarqueses cravarem o 8-1 do lado TR. Em seguida, a Luminosity enfrentou a HellRaisers e teve uma primeira metade bastante disputada com os europeus. A troca de lado, no entanto, não foi favorável para o time de HEN1, que após sofrer o 8-7 na primeira metade, viu os adversários fecharem a partida com oito pontos em sequência do lado CT.
      Fechando as apresentações, o MIBR teve um bom início contra a mouz, mas depois de sair à frente com 6-2 no mapa da Inferno, os brasileiros sofreram um apagão, perdendo a primeira metade no 9-6, que foi bem administrado por woxic e cia., que fecharam a partida após um 7-2 do lado TR.
      Próximos passos
      Pela permanência na competição, a Detona enfrentará a Cloud9 ainda nesta terça-feira, às 15h10 (horário de Brasília), enquanto LG e MIBR se enfrentam amanhã (19), às 7h. Todos os jogos serão melhor de três. Acompanhe o torneio ao vivo no canal da ESL Brasil na Twitch.
      Fonte: Game Hall
  • Recently Browsing   0 members