jlaM

MIBR vence Singularity e se aproxima de vaga nas finais da ECS Season 7

Recommended Posts

Resumo (by jlaM): A partida de ontem foi de dar nó na garganta! No primeiro mapa (Nuke), o time brasileiro começou de TR e com placar bastante desfavorável, tendo a equipe norte-americana aberto 1:9 e fechando o primeiro half em 4:11. Quando virou, parece que a MIBR acordou, e virou o jogo para 15:11, tendo fechado a partida em 16:12, mostrando imensa superioridade do lado CT. No segundo mapa (Mirage), o jogo foi bastante parelho, e os gringos venceram por 14:16. No mapa de desempate (Overpass), apenas a MIBR jogou, fechando a primeira metade (TR) em 14:1 e o jogo em 16:4. Abaixo a notícia completa.

---

e2b0f241d80dd2875c03ba021999df46

Disputando a quarta semana de confrontos da região norte americana, o MIBR bateu a Singularity por 2-1 e avançou para as semifinais em busca de uma vaga nas finais da sétima temporada da ECS de Counter-Strike: Global Offensive, que acontecerá nos dias 6 e 7 de junho, com uma premiação total no valor de US$500 mil (R$1,9 milhões) dividido entre oito equipes. A vitória contra a Singularity colocou FalleN e companhia nas semifinais do qualificatório semanal, onde enfrentarão a NRG em busca de uma grande vaga na final, onde o vencedor garante vaga para o evento principal.

Primeiro mapa do confronto, Nuke foi escolha da Singularity, que fez um ótimo lado CT e abriu o jogo com uma vantagem de 11-4 no primeiro half. Entretanto, o MIBR se mostrou ainda mais forte e fora do lado Terrorista conseguiu fazer um trabalho impecável de 12 rounds a um, saindo com a vitória de 16-12 no primeiro mapa. Já no seu mapa de escolha, Mirage, os brasileiros começaram com um 10-5 do lado TR, dominando o jogo até o 13º ponto. Na busca pelo ponto que seria decisivo para o confronto, os brasileiros tropeçaram e perderam a linha, o que abriu espaço para uma virada da equipe norte-americana, que fechou o mapa no 16-14.  A decisão foi na Overpass e o MIBR não se mostrou abalada com a derrota no mapa anterior, abrindo com um 14-1 do lado TR. Sob baixas chances de vitória, a Singularity ainda tentou, mas os brasileiros fizeram o dever de casa e fecharam o mapa no 16-4.

O próximo desafio do MIBR na ECS ainda não tem data e horário definido, entretanto, a equipe também busca a classificação para as finais da nona temporada da ESL Pro League, iniciando a briga no dia 15, contra a equipe da Isurus.

Fonte: Yahoo Esportes


xbox-001.png

Share this post


Link to post
Share on other sites


Cara... Não acredito que perdi esse momento.

@jlaM essas lives geralmente acontecem por onde? Quero acompanhar os caras e ver o que acontece. Me conta mais aí?

Estou meio por fora dos assuntos de Counter Strike, fazia um tempinho que não jogava. Estou retornando agora 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em 14/05/2019 em 09:51, iDeadMan disse:

Cara... Não acredito que perdi esse momento.

@jlaM essas lives geralmente acontecem por onde? Quero acompanhar os caras e ver o que acontece. Me conta mais aí?

Estou meio por fora dos assuntos de Counter Strike, fazia um tempinho que não jogava. Estou retornando agora 

Oi amigo! É no Twitch oficial da Faceit.

http://www.twitch.tv/faceittv?sr=a

Baixa o aplicativo Strafe pra você saber quando são os jogos e quais campeonatos estão em andamento e estão por começar.

Abraço!

  • Curtir (+1) 1

xbox-001.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que jogo foi esse meus amigos. QUE JOGO  👏

  • Curtir (+1) 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By jlaM
      A MIBR está garantida no presencial da ECS Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive. Os brasileiros enfrentaram a Team Liquid valendo a vaga e levaram a melhor por 2 a 1, de virada. O confronto aconteceu nesta sexta-feira (24).

      As escalações
      MIBR
      Gabriel "FalleN" Toledo Fernando "fer" Alvarenga Marcelo "coldzera" David Epitacio "TACO" de Melo Joao "felps" Vasconcellos Wilton "zews" Prado (treinador) Team Liquid
      Nicholas "nitr0" Cannella Jonathan "EliGE" Jablonowski Keith "NAF" Markovic Russel Twistzz"" Van Dulken Jake "Stewie2K" Yip Eric "adreN" Hoag (treinador) O confronto
      O primeiro mapa foi a Overpass, escolha da Liquid, que justificou dentro de jogo a sua opção. Na primeira rodada os norte-americanos começaram de Contra-Terrorista e dominaram o jogo completamente. Raros eram os momentos em que o Brasil conseguia o plant da c4. Ao fim da 15º rodada, o placar ilustrava bem o que vinha acontecendo: 12 a 3 a favor da TL.
      Dando continuidade ao bom momento, Stewie2K e companhia chegaram rapidamente ao matchpoint e só perderam um round antes de finalizar a conta em 16 a 4.
      Diferentemente do duelo anterior, quando os times se encontraram na Mirage, pela primeira vez houve equilíbrio na série. No final do primeiro half, os placares ficaram praticamente colados no 8 a 7 a favor da Team Liquid.
      Na sequência os lados se inverteram, mas a equidade era a mesma. A troca de rodadas foi insana, mas a Made in Brazil foi superior no finalzinho e garantiu 16 a 13.
      O terceiro e último mapa foi a Inferno e a MIBR voltou a performar bem. No lado de Terrorista, eles puniram com sucesso seus adversários e conseguiram a vantagem de 9 a 6. O placar podia ser ainda melhor se não fossem alguns erros pontuais do Brasil.
      No lado defensivo, as kills de fer e as jogadas individuais de FalleN impactaram fortemente na partida, que já marcava 14 a 6 na contagem e pontos. Após isso, a TL fez um pequeno estrago, mas sucumbiu em dois belos lances de fer, novamente. Placar final: 16 a 11.
      O evento
      A sétima temporada da ECS norte-americana chegou ao fim. A Made in Brazil é a última classificada para disputar as finais presenciais, que acontecem em Londres, Inglaterra, entre 6 e 9 de junho. Veja a lista completa dos participantes a seguir:
      MIBR FURIA NRG CompLexity Astralis North Vitality NiP Fonte: VS.com.br
    • By jlaM
      As qualificatórias para a ESL Pro League Season 9 de Counter-Strike: Global Offensive chegaram ao fim. Com isso, a lista das equipes participantes está completa. Por lá, MIBR, Luminosity Gaming e DETONA irão representar o Brasil.

      Os três times brasileiros garantiram vaga pela etapa regional das Américas, juntamente de outros três norte-americanos. A Europa irá enviar oito representantes para a competição, enquanto Oceania e Ásia tiveram apenas um lugar cada.
      Com isso, os 16 participantes na disputa do título e da maior parte da premiação de US$ 750 mil foram definidos. Veja:
      Américas
      MIBR Luminosity DETONA Cloud9 NRG Team Liquid Europa
      Astralis FaZe mousesports fnatic G2 North HellRaisers Heroic Ásia
      TyLoo Oceania
      GrayHound
      As finais da ESL Pro League S9 de CS:GO acontecem em Montpellier, França, entre 18 e 23 de junho. Para não perder nada do torneio, fique ligado no guia do Versus que estará na semana da competição.
      Fonte: VS.com.br
    • By jlaM
      Esta noite, a partir das 18hs, a equipe brasileira enfrentará a TeamLiquid pela final da ECS Season 7 NA.

      O vencedor se classifica para as finais presenciais da ECS, que acontecem em Londres, Inglaterra, do dia 6 ao dia 9 de junho, com uma premiação total de US$ 500 mil, cerca de R$ 2 milhões.
      Histórico de confrontos
      Já tivemos 11 confrontos entre as duas equipes, sendo a vantagem da equipe gringa de 4:11. Esse ano já foram 04 partidas, com vantagem de 1:3 para a Team Liquid (a única vitória brasileira foi nesse mesmo evento, na fase de grupos, por 2:0).
      Escalações
      As escalações esperadas são as já conhecidas para as duas equipes, sendo:
      mibr
      Gabriel "FalleN" Toledo Epitácio "TACO" de Melo Marcelo "Coldzera" David João "felps" Vasconcellos Fernando "fer" Alvarenga Team Liquid
      Jonathan "EliGE" Jablonowski Keith "Naf" Markovic Jake "Stewie2k" Yip Russel "Twistzz" VanDulken "Nick "nitr0" Cannella Transmissão
      A transmissão oficial do evento está prevista para acontecer no canal oficial da FaceIT na Twitch.
      Outros canais também costumam transmitir, como é o caso do Gaules, também na Twitch. Particularmente, prefiro a transmissão oficial, por inúmeros motivos, mas principalmente pelo profissionalismo e pelas informações trazidas durante a transmissão - é em inglês, mas é bem básico, quem joga CS não terá dificuldades em entender.
    • By jlaM
      A MIBR está a um passo de conquistar uma vaga na etapa presencial da ECS. A equipe enfrentou a Cloud9 nesta quarta-feira (22), pela semifinal da 5º semana da fase regional norte-americana, e levou a melhor por 2 a 0.
      As escalações
      MIBR
      Gabriel "FalleN" Toledo Fernando "fer" Alvarenga Marcelo "coldzera" David Epitacio "TACO" de Melo Joao "felps" Vasconcellos Wilton "zews" Prado (treinador) Cloud9
      Maikil "Golden" Selim Timothy "autimatic" Ta William "RUSH" Wierzba Daniel "vice" Kim (trial) René "cajunb" Borg Ronald "Rambo" Kim (coach)
      O confronto

      A série melhor de três começou as equipes se encontrando na Nuke. O mapa foi escolha da Made in Brazil, que jogou praticamente sozinha de Contra-Terrorista na primeira metade. Os brasileiros não tomaram conhecimento dos norte-americanos e, com rodadas unilaterais, chegaram a vantagem de 14 a .

      Apesar da dura derrota, a Cloud9 não se entregou e mostrou que também tinha um CT bem preparado para seus adversários. A Made in Brazil que vinha dominando a partida até então, caiu no jogo dos seus oponentes e chegou a assustar a torcida. No entanto, em duas rodadas afastadas uma da outra, o Brasil enfim conseguiu os dois pontos que precisava para fechar a conta em 16 a 10.

      Na sequência o mapa disputado foi a Overpass. A C9 mais uma vez começou de Terrorista, mas desta vez vencendo por 3 a 0. Após isso, a dupla fer e FalleN iniciou uma grande recuperação, a qual transformou o placar em 11 a 4 a favor dos brasileiros.

      Dando continuidade ao bom momento, a MIBR levou a melhor no pistol e no anti-eco, logo depois. A Cloud9 tentou a reviravolta, conseguiu três pontinhos, mas acabou sucumbindo em um rush ao bombsite A.

      O campeonato

      A sétima temporada da ECS norte-americana está em sua última semana e resta apenas uma vaga para ser conquistada. As equipes brasileiras ainda vivas nesta lutão são a própria MIBR e também a INTZ. A campeã da semana consegue a vaga para disputar as finais presenciais, que acontecem em Londres, Inglaterra, entre 6 e 9 de junho.
      Fonte: VS.com.br
    • By jlaM
      Esta noite, a partir das 18hs, a equipe brasileira enfrentará a Cloud9 pelas semifinais da ECS Season 7 NA. Na outra semifinal estão as equipes INTZ eSports e Team Liquid, que jogam amanhã (23), também às 18hs. Os vencedores se enfrentarão no mesmo horário, na sexta-feira, dia 24, se classificando para as finais presenciais da ECS, que acontecem em Londres, Inglaterra, do dia 6 ao dia 9 de junho, com uma premiação total de US$ 500 mil, cerca de R$ 2 milhões.
      Histórico de confrontos
      Já tivemos 11 confrontos entre as duas equipes, sendo a vantagem brasileira de 11:4. Esse ano já foram 03 partidas, com vantagem de 2:1 para a MIBR (as duas vitórias, inclusive, foram em abril passado, sendo a mais recente pela ESL Pro League S9).
      Escalações
      As escalações esperadas são as já conhecidas para as duas equipes, sendo:
      mibr
      Gabriel "FalleN" Toledo Epitácio "TACO" de Melo Marcelo "Coldzera" David João "felps" Vasconcellos Fernando "fer" Alvarenga Cloud9
      Maikil "Golden" Selim William "Rush" Wierzba Timothy "autimatic" Ta René "cajunb" Borg Daniel "vice" Kim Transmissão
      A transmissão oficial do evento está prevista para acontecer no canal oficial da FaceIT na Twitch.
      Outros canais também costumam transmitir, como é o caso do Gaules, também na Twitch. Particularmente, prefiro a transmissão oficial, por inúmeros motivos, mas principalmente pelo profissionalismo e pelas informações trazidas durante a transmissão - é em inglês, mas é bem básico, quem joga CS não terá dificuldades em entender.
  • Recently Browsing   0 members