jlaM

Novo comando do CS:GO melhora performance do jogo; saiba usar o D3D9EX

Recommended Posts

Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) recebeu uma atualização com foco no desempenho do game na última quarta-feira (6).

A novidade é o comando de inicialização “D3D9EX”, que os desenvolvedores alegam reduzir o uso de memória de processamento em até 40%. A opção de inicialização habilita o uso do DirectX 9Ex no game, que garante maior agilidade na renderização do jogo para versões a partir do Windows 7. Veja, a seguir, como habilitar o novo comando no CS:GO.

Passo 1. Localize o CS:GO dentro da Steam. O jogo fica na seção “Biblioteca”;

image-1.jpg

Passo 2. Clique com o botão direito do mouse sobre o atalho e vá para as propriedades;

3.jpg

Passo 3. Na janela seguinte, clique em “Definir opções de inicialização”;

image-2.jpg

Passo 4. Digite o comando “-d3d9ex”, sem as aspas, na caixa de texto que aparecerá. Se fizer uso de mais de um comando de inicialização, insira-o no final, sempre com um espaço ao final do comando anterior, como na imagem abaixo;

image-3.jpg

Após clicar em ok, o comando já será ativado no jogo. O efeito parece variar de acordo com as versões do Windows, porém, é notável uma melhora na troca de janelas (alt+tab) e em alguns casos há uma leve melhora nos quadros por segundo (frames per second ou fps).

Fonte: TechTudo


xbox-001.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu sempre ficava 1 hora pra dar alt tab ai com esse comando vai voando,muito bom,uso a tempo já

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By jlaM
      Hello!
      Estou criando o tópico sem muita esperança, mas vai que eu estou enganado, né?
      Desde que comecei a jogar CSGO, passei a acompanhar os campeonatos. E passei a virar jogador assíduo do modo competitivo do game. Dito isso, gostaria de ver se mais alguém no fórum joga para podermos montar um time.

      Não é a intenção participar de campeonatos, nem nada do gênero (ainda), mais por diversão e também porque é comprovado que party fechada é mais divertido do que entrar em um game coletivo e não conhecer ninguém.
      Logo, para quem já possui o jogo (que é free-to-play) e tiver interesse/disponibilidade, me manda um convite de amizade lá na Steam pra gente combinar algum horário ou, quando estivermos online de forma "acidental", trocarmos uma ideia e já formarmos um time para brincar. Não importa se você é prata, ouro, água, global... a intenção é se divertir.
      Valeu! 🙂
       
    • By jlaM
      Kaike "kscerato" Cerato e Andrei "arT" Piovezan foram os destaques da FURIA na vitória sobre a Team North, pela semifinal da ECS Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive. Além da dupla liderar as estatísticas do lado brasileiro, eles foram protagonistas de diversos lances bonitos no confronto. Os que mais chamaram atenção, é claro, foram os ACE's que ambos conseguiram fazer.

      A primeira obra de arte foi a de kscerato, na primeira rodada de toda a melhor de três. No pistol, o jogador da FURIA apresentou seu cartão de visita com cinco kills de USP, para defender o bombsite A. Todas importantíssimas, já que o time do Brasil se encontrava em desvantagem numérica no início do lance. Veja:
      Já a jogada de arT foi na Overpass, em pleno overtime. A partida estava muito equilibrada e o placar marcava 18 a 18. Foi neste momento que o capitão brasileiro desequilibrou as coisas e, dentro do banheiro, dizimou os dinamarqueses um a um. Confira:
      A vitória da FURIA garantiu um lugar para o Brasil na grande final da ECS S7 de CS:GO. O adversário dos brasileiros será o vencedor do duelo entre NRG e Team Vitality, que acontece em instantes. A final será neste domingo (9), às 12h.
      Fonte: Versus
    • By jlaM
      A ascensão da FURIA está chamando muita atenção no cenário mundial de Counter-Strike: Global Offensive. Ao mesmo tempo, a má fase da MIBRtambém é um assunto constantemente debatido. Com isso, as duas equipes começaram a ser comparadas e fica a dúvida de qual é o atual melhor time brasileiro. Na opinião de Joao "felps" Vasconcellos, seus compatriotas merecem ultrapassar a Made in Brazil no ranking da HLTV, já que "estão melhores".

      O pro player fez este comentário no Twitter, respondendo a um tuíte de Bernardo "BiDa" Moura. Na ocasião, o narrador chamava a atenção do público para o fato da boa campanha da FURIA render pontos o bastante para que eles possam ultrapassar a MIBR na HLTV. O público dividiu opiniões, enquanto felps não teve dúvida:
      Felps afirmou que, mesmo que a FURIA não consiga uma colocação melhor que a Made in Brazil no ranking da HLTV, ainda assim estão melhores. O comentário foi feito pouco depois da eliminação da MIBR na ECS Season 7, após derrota para a compLexity por 2 a 1. Cerca de uma hora depois, a FURIA triunfou pela segunda vez sobre a Astralis e se garantiu na semifinal do torneio em Londres, na Inglaterra.
      De acordo com coldzera, a derrota da MIBR para a North "mexeu demais com a cabeça". Os brasileiros chegaram a vencer um round por 14 a 3, mas mesmo assim sofreram a virada no overtime.
      A fala de coldzera logo remeteu à constante cobrança de que a organização contrate um psicólogo para a line-up de CS:GO. Um dos fãs chegou até mesmo a questionar cold sobre o assunto, dizendo que a equipe é ótima, mas ainda falta um toque deste tipo de profissional. O ex-melhor do mundo garantiu que eles já contrataram um psicólogo e iniciarão o trabalho com ele antes do próximo Major, que acontece entre 23 de agosto e 8 de novembro.
      Fonte: Versus
    • By jlaM
      A FURIA está na grande final da ECS Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive. A equipe enfrentou a Team North pela semifinal e venceu o confronto por 2 a 0, mostrando mais uma vez sua predominância sobre os times dinamarqueses. O confronto aconteceu neste sábado (8).
      As escalações
      FURIA
      Yuri "yuurih" Gomes Kaike "kscerato" Cerato Andrei "arT" Piovezan Vinicius "VINI" Figueiredo  Rinaldo "ableJ" Moda Nicholas "guerri" Nogueira (treinador) Team North
      Philip "aizy" Aistrup Valdemar "valde" Bjørn Markus "Kjaerbye" Kjaerbye Nicklas "gade" Gade Jakob "JUGi" Hansen Torbjørn "mithR" Nyborg (treinador)
      O confronto

      Inferno

      O início da FURIA de contra-terrorista não poderia ser melhor. O time foi avassalador na defesa e cravou 7 a 0 no placar, com clara superioridade nas rodadas e pouquíssimas baixas. Após isso, foi a vez da North mostrar que não tinha nada acabado, reagindo com cinco pontos consecutivos. Nos últimos rounds, yuurih conseguiu as first kills para sua equipe e colocou os FURIOSOS no caminho da vitória mais uma vez, garantindo a vantagem de 10 a 5.

      Na segunda etapa, os avanços do Brasil se mostravam muito previsíveis e pouco criativos. A North não teve dificuldades para lidar com eles e logo empatou em 11 a 11. Foi neste momento que a FURIA resetou todo o mindset, mudou a forma de jogar e passou a trabalhar melhor as granadas e até mesmo algumas jogadas individuais mais surpreendentes, para envolver os dinamarqueses no seu jogo novamente. A nova estratégia deu muito certo e os brasileiros dispararam de novo e só pararam na vitória de 16 a 11.

      Overpass

      A primeira metade da Overpass mostrou certo equilíbrio entre os lados. Ambas as partes revesavam bons e maus momentos além da própria liderança no placar. Isso acontecia pois tanto a FURIA quanto a North demonstravam grande capacidade de adaptação, mudando a forma de jogar o tempo todo. No início, a Dinamarca tomou a frente em 5 a 2, mas no finalzinho arT bateu no peito, assumiu a responsabilidade como capitão e comandou seus companheiros rumo a vitória parcial de 9 a 6. 

      Os lados mudaram no segundo half, mas a história continuou a mesma. Outra vez FURIA e Team North colecionaram bons e maus momentos, que duravam cerca de três rounds cada. Quando o empate de 14 a 14 se fez presente, VINI garantiu o clutch e o 15º ponto da FURIA, mas a North obliterou seus inimigos logo depois e deixou tudo para ser resolvido na prorrogação.

      No tempo extra, a FURIA precisou de dois lados de CT perfeitos e apenas um pontinho de TR no segundo overtime, para fechar a conta em 22 a 20.

      O campeonato

      A ECS S7 de CS:GO acontece em Londres, Inglaterra, entre 6 e 9 de junho. A disputa conta com oito times e premiação total de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 1,9 milhão).

      Com a vitória, a FURIA garantiu sua vaga na disputa do título, que acontece neste domingo (9), às 12. O adversário será o vencedor do confronto entre Vitality e NRG.
      Fonte: Versus
      Os jogos estão sendo transmitidos na Twitch da FaceIT (em inglês).
       
    • By jlaM
      A FURIA está classificada para a semifinal da ECS Season 7 de Counter-Strike: Global Offensive. Pela segunda vez, eles enfrentaram a Astralis no torneio e novamente conseguiram a vitória, hoje por 2 a 1, de virada. A melhor de três foi disputada nos mapas Inferno, Mirage e Nuke nesta sexta-feira (7).

      Leia mais:
      Prodígio de 15 anos, oBo brilha contra MIBR e faz ACE em pistol round
      MIBR perde para compLexity e deixa ECS Season 7 sem nenhuma vitória
      As escalações
      FURIA
        Yuri "yuurih" Gomes   Kaike "kscerato" Cerato   Andrei "arT" Piovezan   Vinicius "VINI" Figueiredo    Rinaldo "ableJ" Moda   Nicholas "guerri" Nogueira (treinador) Astralis
        Nicolai "dev1ce" Reedtz   Peter "dupreeh" Rasmussen   Andreas "Xyp9x" Højsleth   Lukas "gla1ve" Rossander   Emil "b" Reif   Danny "zonic" Sørensen (treinador)
      O confronto
      Inferno
      Ainda sem ter engolido a derrota de ontem, a Astralis veio com todas as suas forças para este primeiro mapa e emplacou 8 a 1 no placar, com defesas bem feitas e pouquíssimos retakes necessários. Mesmo com a distância na pontuação, a FURIA não se abateu e, com boa atuação de yuurih, diminuiu a vantagem inimiga para 10 a 5.
      Na segunda metade os brasileiros também se mostraram à vontade no lado defensivo. Mesmo perdendo o pistol e os anti-ecos, eles chegaram a vencer sete rodadas seguidas, encostando no placar de 14 a 12. Após isso, foi a vez de magisk e Xyp9x brilharem e trazerem a vitória de 16 a 12 para a Dinamarca.
      Mirage
      Pela Mirage, foi a vez da FURIA começar melhor, ditando o próprio ritmo de jogo sobre seus oponentes. O time do Brasil emplacou entradas rápidas, recheadas de bombas de todos os tipos, deixando os dinamarqueses sem reação e a contagem de pontos marcada em 5 a 0. A partir disso, a Astralis enfim entendeu o estilo dos FURIOSOS, se adaptou bem cruzando mira nos bombsites e deixou tudo empatado em 7 a 7. Na última rodada, as SG's de VINI e ableJ concluíram a última rodada a favor do Brasil e a vantagem de 8 a 7.
      Os primeiros acontecimentos da segunda etapa davam a entender que o público veria um half equilibrado. Entretanto, após o empate de 10 a 10, a FURIA deslanchou na partida e mesclou marcações mais conservadoras e outras mais avançadas, confundindo a Astralis. No último round, yuurih e arT avançaram caverna e acabaram com as intenções da Dinamarca de tentar qualquer possível reação. Placar final: 16 a 10 para o Brasil.
      Nuke
      O equilíbrio voltou a pautar o duelo entre FURIA e Astralis na Nuke, até o empate de 4 a 4. Depois disso, sob o comando de Dupreeh, a Dinamarca foi capaz de cobrir as brechas que vinham sendo aproveitadas pelo Brasil e se distanciou na contagem, capitalizando a vantagem de 9 a 6, de contra-terrorista.
      Na sequência, o panorama do confronto mudou completamente e os FURIOSOS passaram a dominar o jogo com sete pontos seguidos dos brasileiros - entre defesas e retakes. A Astralis, é claro, não deixou barato, voltou a vencer e machucou bastante a economia brasileira. Nos momentos finais, Yuurih, kscerato e ableJ salvaram duas rodadas e enfim a FURIA levou a melhor por 16 a 13.
      O campeonato
      A ECS S6 de CS:GO acontece em Londres, Inglaterra, entre 6 e 9 de junho. A disputa conta com oito times e premiação total de US$ 500 mil (aproximadamente R$ 1,9 milhão).
      Com a vitória garantida, o próximo compromisso da FURIA será neste sábado (8), às 9h, contra a Team North. O vencedor da MD3 fica com a primeira vaga na grande final da competição.
      Fonte: Versus
  • Recently Browsing   0 members

    No registered users viewing this page.