HellishWollf

ROG PHONE 2 em jogos! O MATADOR - Roda Liso TUDO!

Recommended Posts

750xNxrog-phone-2-roda-liso-oficina.jpg.pagespeed_ic.72daf2303c.jpg.4b2c3caa6e03f74546ea04003bbe8ddd.jpg

 

Chegou a hora de testarmos o mais potente smartphone GAMER da atualidade. Ele provavelmente será o parâmetro para os próximos testes do RODA LISO. Por isso colocamos novamente em testes o jogo ARK, e a partir de agora serão então 12 jogos. Jogamos todos os games com o acessório para resfriamento do telefone, então provavelmente ele deva ter consumido um pouco mais de bateria do que o normal.

Os jogos que testamos no ASUS ROG Phone 2 são:

● Arena Of Valor

● ARK

● Asphalt 9

● Cyber Hunter

Call of Duty

Free Fire

● PES 2019

● PUBG

● Rules of Survival

● Standoff 2

● Shadowgun Legends

● Fortnite

ROG Phone 2 é tão bom assim para jogos?

O ROG Phone 2 lançado oficialmente no Brasil agora em outubro, vem equipado com processador Snapdragon 855+ com 1x 2.96 GHz Kryo 485 + 3x 2.42 GHz Kryo 485 + 4x 1.8 GHz Kryo 485. Para quem não está ambientado, a GPU Adreno 640 desse processador recebeu overclock de frequência, e alcança até 15% mais performance do que a versão normal do Snapdragon 855. Tem memória RAM de 12GB, meu PC gamer de casa tem 12 GB, armazenamento interno de 512GB. A tela de 6.59 polegadas FULLHD+ e bateria de 6000 mAh, rodando Android na versão PIE. Essas são as especificações importantes, e que especificações, para o teste RODA LISO aqui do Oficina da Net.

● Galaxy A50 é bom para jogos? - RODA LISO

● Motorola One Zoom roda CALL of DUTY e outros jogos? - RODA LISO

 

Proteção IP68: Não

Processador: Qualcomm Snapdragon 855+

Sistema operacional: Android 9 Pie

Memória RAM: 12 GB

Armazenamento Interno: 256 GB e 512 GB

Armazenamento Extra: Não Possui

Tela - Tipo: AMOLED

Tela - Tamanho: 6.59

Tela - Resolução: 2340 x 1080

Tela - Proteção: Gorilla Glass 6

Câmera Traseira: 48 MP e 13 MP

Câmera Frontal: 24 MP

Bateria: 6000 mAh

 

 

  • Curtir (+1) 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu nunca entendi essa vibe de jogar coisa pesada em celular rs, acho bem desconfortável.


🍀 Inscreva-se no meu canal do Youtube 🍀
(Se você se inscrever pago 50 GCoins, comente qualquer vídeo com seu NICK)

aZiwu3F.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

@HellishWollf O celular custa 4k, nesse valor dá para pegar um bom notebook de entrada. 


🍀 Inscreva-se no meu canal do Youtube 🍀
(Se você se inscrever pago 50 GCoins, comente qualquer vídeo com seu NICK)

aZiwu3F.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não consigo jogar em celular não, já tentei, mas, é difícil se acostumar. E pagar 4 mil em um celular para jogar, não rola. Pega um bom PC de entrada com 4 mangos, haha.

  • Amei (+1) 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


  • Similar Content

    • By [E] HellishWollf
      Guia para aprender a obter o conjunto de chitas em PUBG Mobile
       
      O PUBG Mobile lançou outro evento no jogo que termina em 1º de junho. Como em todos os outros eventos, há algumas recompensas em disputa se você completar alguns desafios.
       
      Mas agora que um dos itens mais cobiçados chegou, no caso de ser desbloqueado durante o jogo ou com dinheiro da vida real. Por esse motivo, mostraremos como desbloquear o conjunto Cheetah em PUBG Mobile.
       
      Como obter o guepardo definido em PUBG Mobile?
       
      o Cheetah Set não é ganho através de um desafio específico. O que você faz é gastar uma certa quantidade de BP para desbloquear as várias peças do conjunto através do evento "BP Spender". Esse fato não aconteceu no último evento com a popular máscara AUG Rainforest.
       
      Portanto, preparamos uma lista de preços para preparar sua carteira:
       
      ● 7.000 BP gastos: copos de chita (3 dias)
      ● 14.000 BP gastos: copos de chita (7 dias)
      ● 21.000 BP gastos: Cheetah Set (3 dias)
      ● 42.000 BP gastos: Conjunto de chitas (7 dias)
       
      Os incrementos da BP aumentam constantemente à medida que os elementos e o comprimento melhoram. Com 42.000 BP gastos, você desbloqueia todo o Cheetah Set, juntamente com os óculos, por sete dias.
       
      Observe que você só tem até 1º de junho para coletar o dinheiro e desbloquear esses itens especiais do jogo. Você pode obter a BP durante o tempo do jogo em PUBG Mobile ou em compras na loja do jogo.
       
      42.000 BP serão muito caros se você optar por comprá-lo na loja. Se você tiver um pouco de BP salvo, talvez seja hora de gastar um pouco para ganhar o Cheetah Set.
       
      O Como obter o guepardo definido em PUBG Mobile não é muito complicado, a única coisa é estar preparado para fazer uma grande despesa se você deseja obter o conjunto completo, além de ter tempo limitado. 
       
       
       
    • By Allanatulu
      No geral, é bem fácil de encontrar apps que fazem o compartilhamento e transmissão de dispositivos móveis para computadores ou televisões, mas o mesmo não pode se dizer do processo contrário. Apesar de ser algo de nicho, aprender como fazer streaming do PC para Android pode ser bem útil em certas situações e não é tão difícil de se conseguir.
      Na verdade, há diversos aplicativos para fazer a transmissão diretamente no seu smartphone ou tablet. Confira nossas principais dicas logo abaixo!
      1. 2Player

      O primeiro em nossa lista é o 2Player, que reconhece servidores DLNA para reproduzir conteúdo. O aplicativo ainda é capaz de reconhecer um servidor Plex e reproduzir vídeos a partir deles, o que acaba sendo uma boa vantagem para seus usuários.
      Como o app em si é muito simples, ele acaba não tendo tantos recursos como outros desta categoria. Ainda assim, o 2Player funciona bem e serve para fazer streaming de praticamente qualquer conteúdo no Android. Clique aqui para conferir.
       
      2. BubbleUPnP
      Já o BubbleUPnP é um aplicativo de streaming de vídeo bem popular entre os usuários do Android. Além de ser gratuito e oferecer suporte para inúmeros modelos de smartphones e tablets, ele ainda funciona bem com o app do Google TV.
       
      Ele é bem simples e fácil de transmitir vídeos a partir do servidor Plex, mas não funciona como um player de vídeo, sendo necessário usar um outro app para isso. Clique aqui para conferi-lo.
       
      3. Emit
      Emit é um dos melhores aplicativos para realizar streaming no Android, mas também possui algumas desvantagens. Ele até que funciona muito bem, mas não é compatível com DLNA, como certos aplicativos que mencionamos nesta lista.

      No caso, ele acaba dependendo de um outro aplicativo que deve ser instalado no PC. Isso faz com a transmissão entre os dois dispositivos seja bem fluída. Você pode baixar o app através deste link.
      4. Plex
      O Plex é outro excelente aplicativo para realizar streaming de conteúdo no seu smartphone ou tablet Android. Além de ser muito popular, ele ainda funciona em diversas plataformas diferentes, seja Mac, Windows ou até mesmo o Linux.
      Os servidores Plex também são compatíveis com DLNA e podem ser usados por outros aplicativos de PC e Android também. Assim como o Emit, você precisará baixar o aplicativo proprietário do Plex para que ele funcione corretamente, o que é bem fácil de fazer. Clique aqui para baixá-lo.
      5. Tonido
      Apesar de servir muito bem para fazer streaming entre o PC e o Android, o Tonido foi desenvolvido com o foco em compartilhamento de arquivos entre dispositivos. Desta forma, você não ficará limitado à transmissão de vídeos, como também poderá compartilhar diversas fotos, músicas e documentos.

      Ele também precisa de um software adicional instalado no computador para funcionar bem, mas isso não acaba atrapalhando em nada. Você pode baixá-lo através deste link.
      Agora que já aprendeu como fazer streaming do PC para Android e consegue ver o que está acontecendo em seu computador através do celular, confira outras dicas que separamos para usar seu Android com maestria!
      Como melhorar a memória do Android
      Para fazer a transmissão com menos gargalos ou lentidão, o ideal é que tenha o máximo de memória disponível em seu Android. Para melhorar a memória do seu smartphone, você deve remover arquivos indesejados ou antigos, como fotos tiradas há anos atrás. Ou seja, antes de aprender como fazer streaming do PC para Android, talvez o ideal seja melhorar a memória do seu Android antes.

      Mas calma, não é necessário apagá-las e perdê-las de vez. Você pode usar serviços de armazenamento em nuvem como o Google Drive ou o Google Fotos – instalado nativamente nos aparelhos Android – para fazer backup desses arquivos.
      Além disso, desinstale apps e jogos que não utiliza mais. Se não usa algum aplicativo há mais de um mês, é pouco provável que volte a usá-lo em breve. Por isso, não tenha dó e desinstale-o! Afinal de contas, você sempre pode baixá-los novamente.
      Aprenda a duplicar apps no Android
      Outra funcionalidade útil para o Android é a de duplicar aplicativos. Por exemplo, se você possui mais de uma conta no WhatsApp, Facebook ou Instagram, pode duplicar os apps para usar as duas contas de maneira simultânea, sem precisar sair de uma para logar na outra.
      Outra utilidade é a de quem joga no celular ou tablet, mas o divide com outra pessoa, como um filho que joga o mesmo jogo. Dessa maneira, ambos conseguem usar suas contas e salvar seu progresso sem que um interfira no jogo do outro.
      Para duplicar apps no Android, existe um aplicativo chamado Parallel Space. Assim que baixar o app – disponível na Google Play -, ele já começará o processo para permitir duplicar os aplicativos em seu aparelho. Em seguida, você deverá escolher os aplicativos a serem duplicados. Depois, você cria os atalhos e pode renomeá-los, de maneira a não confundir os acessos.

      Conseguiu aprender como fazer streaming do PC para Android?
      Fonte:apptuts
       
    • By Allanatulu
      Por um motivo ou outro, às vezes é necessário simplesmente restaurar o Android às suas velhas configurações de fábrica. Seja por causa de algum problema insolúvel, para instalar uma nova atualização importante antes da hora ou até para vender ou dar o dispositivo para outra pessoa.
      Seja como for, muita gente não sabe bem como realizar este procedimento direito ou como se preparar para que tudo seja feito de forma segura e sem que você perda seus dados, arquivos e informações. Por isso, nós preparamos um tutorial bem detalhado de como restaurar o Android de forma bem prática e segura. Confira logo abaixo!
      Como restaurar o Android
      A primeira coisa que você deve fazer é realizar um backup de suas informações, apps e arquivos do Android. O próprio Google pode fazer um tipo de backup automático em seus servidores, mas isso não garante que tudo seja salvo por lá.
      Caso não tenha muitos problemas com isso, nós mostraremos como esse backup pode ser feito em alguns passos abaixo. Já se preferir um backup mais profundo, você pode conferir nosso artigo com 3 formas diferentes de realizar o processo em seu dispositivo, sendo com o root ou não.
      Para começar, vá em “Configurações” e você verá diversas opções diferentes. O que você deve procurar é a opção “Fazer backup e redefinir”, que deve estar mais abaixo na tela.

      Clique nela e uma nova tela se abrirá com algumas configurações básicas de backup e restauração do seu dispositivo Android.
      Como mencionamos antes, você verá a opção de backup realizada pelo próprio Google. Este procedimento não será tão completo, mas deve ser suficiente para muitos usuários.
       
      Só é necessário ativar as opções “Fazer backup” e “Restauração automática” para que o Google faça o resto do trabalho. Você também poderá ver sua conta de backup abaixo das opções, que provavelmente deverá ser sua conta do gmail mesmo.

      Com seu backup realizado (seja este ou um mais aprofundado), é hora de realmente restaurar seu dispositivo às condições de fábrica. Para fazer isso, clique em “Configuração original” na mesma tela do backup e redefinição.

      Você verá exatamente tudo o que será deletado de seu smartphone ou tablet Android, o que inclui seus apps, músicas, fotos, vídeos e contas nas quais estiver conectado.

      Se estiver tudo certo, você só precisará clicar na opção “Redefinir telefone” para continuar com o procedimento. Isso poderá demorar alguns minutos, sendo que é possível que o seu aparelho reinicie sozinho algumas vezes também.
      Depois que o processo for finalizado, seu aparelho estará totalmente limpo, como no dia em que você o adquiriu pela primeira vez. Qualquer problema que você estava enfrentando com ele terá desaparecido também, além ser seguro de repassá-lo para outra pessoa se for o caso.
      Gostaram das nossas dicas de como restaurar o Android facilmente às suas condições originais? Então não esqueçam de deixar seus comentários nos dizendo se o nosso tutorial funcionou direitinho ou se ficaram com algum dúvida quanto o processo!
      Fonte:apptuts
       
    • By Allanatulu
      Hoje em dia, o backup não é mais algo exclusivo dos PCs e já se tornou algo necessário para os usuários de smartphones também. Com tantos arquivos e dados que armazenamos todos os dias em nossos dispositivos, é importante se precaver de possíveis problemas futuros.
      O backup, como você deve saber, se assegura de salvar todos os dados de seu dispositivo para seja possível restaurá-los caso necessário. Infelizmente, muitas pessoas só acabam se preocupando com isso quando seus aparelhos começam a apresentar algum defeito. Isso pode até levar a situações em que acaba sendo até tarde demais para reverter os possíveis danos com seus arquivos e dados.
      O ideal é que você sempre tenha em mente a importância de manter uma cópia atual de seus dados com regularidade, até para o caso de você mudar de aparelho e passar seus dados para ele.
      Para facilitar a sua vida (e poupar futuras dores de cabeça), separamos algumas das formas simples e funcionais de fazer um backup no seu Android.
      Backup padrão do Google

      Uma boa notícia para quem depende bastante de aplicativos do Google, é que o Android já conta com uma opção bem bacana de backup. Esta opção salva seus principais dados (como fotos, músicas, e-mails, arquivos, aplicativos instalados, sites favoritos e senhas de seu navegador, etc) de apps do Google direto na nuvem.
      Uma boa notícia para quem depende bastante de aplicativos do Google, é que o Android já conta com uma opção bem bacana de backup. Esta opção salva seus principais dados (como fotos, músicas, e-mails, arquivos, aplicativos instalados, sites favoritos e senhas de seu navegador, etc) de apps do Google direto na nuvem.
      O melhor é que você mesmo decide o que será salvo e sincronizado: basta ir nas suas configurações e procurar a opção “Contas”. Lá, você só deverá selecionar sua conta do Google e escolher que dados devem ser salvos. Depois, é só voltar às configurações e procurar a opção “Fazer backup e redefinir” para realizar o processo.
      Backup com root
      Caso queira um jeito mais completo de salvar seus dados, pode-se fazer o root no aparelho. Talvez você nem tenha ouvido falar desse termo, já que a maioria dos usuários Android geralmente não tem necessidade de realizar esse processo. O root é uma maneira de adquirir acesso à tudo que fica inacessível no seu dispositivo. Apesar do processo de root já estar bem mais simplificado de se realizar atualmente, não recomendamos caso você tenha tanto conhecimento sobre o assunto.
      Mas, caso você tenha certa familiaridade com o assunto e queira tentar este método, nós explicamos de maneira bem simples. Para começar, basta baixar o programa Kingo Android Root em seu próprio site oficial. O Kingo serve exatamente para quem não tem tanta experiência com o assunto e facilita o procedimento.
      Antes de qualquer coisa, vá nas suas configurações e procure a opção “Opções do desenvolvedor”. É possível que isso esteja inicialmente oculto no seu aparelho, mas basta clicar em “Sobre o telefone” diversas vezes para a opção aparecer. Agora é só ativar a “Depuração de USB” para prosseguir!
      Abra o Kingo, conecte seu smartphone no computador e selecione a opção Root que irá aparecer. A maior parte do procedimento será feita pelo próprio Kingo, mas é possível que o programa ainda peça que você realize ações bem simples.

      Com o root terminado, é hora de fazer um backup completo! Para isso, usaremos o aplicativo Titanium Backup, que deve ser baixado no seu dispositivo. Abra-o e conceda o acesso que o app pedir.
      Clique na opção “Backup/Restore” na parte de cima e em seguida no botão de menu do seu celular. Selecione “Batch Options” e escolha a opção “Backup all user apps + system data” para salvar absolutamente todos os seus arquivos.

      É importante lembrar que caso você tenha muita coisa no seu smartphone, o processo pode demorar um pouco. Em seguida, você poderá guardar a pasta do backup (sob o nome de Titanium Backup) em seu computador se preferir.
      Para restaurar seus dados futuramente, basta retornar ao menu “Batch Option” e selecionar a primeira opção: “Restore missing apps with data”.
       
      Backup sem root
      Caso você não queria arriscar e fazer o root no seu dispositivo, pode usar o programa Ultimate Backup Tool em seu PC para salvar seus arquivos ou até para restaurar um backup antigo. O recomendado é utilizar essa ferramenta apenas em dispositivos com Android 4.0 ou superior por questões de compatibilidade.

      Com o programa pronto, conecte o celular ao computador e defina a senha de backup que o programa exigir. Apesar de ser aparentemente mais seguro do que fazer o root, ainda é importante ter cuidado, já que sempre há o risco do dispositivo sofrer algum problema no processo.

      Com o programa aberto, selecione a opção “Full Backup” na parte superior da tela e seus dados serão salvos. Da mesma forma que o método anterior, haverá uma pasta com todos os seus arquivos (que estará na mesma pasta em que o Ultimate Backup Tool em seu PC) para que você possa guardá-los com segurança onde preferir.
      Para restaurar esse backup, caso necessário, é só conectar o celular ao programa e clicar na opção “Restore” na parte superior da tela.
      Bem simples, não é? Com tantas opções e facilidades, agora não tem desculpa para não salvar seus dados mais importantes em um local seguro!
       
      Fonte:apptuts
    • By Allanatulu
      Nos últimos anos, os smartphones se tornaram grandes alvos de vírus e malware, sendo necessário tomar cada vez mais cuidado com aplicativos instalados e sites visitados. O grande problema é que pode ser um pouco difícil de perceber ou mesmo de ter certeza que seu Android está com vírus. Felizmente, há algumas maneiras simples de descobrir isso e se suas senhas estão sendo roubadas, como você pode conferir com nossas dicas logo abaixo!
      1. Lentidão

      É normal que seu smartphone fique um pouco mais lento ao longo dos anos e seu uso contínuo. Você deve desconfiar de algo se isso acontecer repentinamente ou se a lentidão for bem mais intensa do que o normal.
      Vírus e malwares de smartphones costumam realizar diversas tarefas em segundo plano, o que deixa o aparelho neste estado.
      2. Atividade estranha no navegador
      Como outros tipos de vírus, os malwares do Android também se aproveitam da internet para realizar atividades maliciosas. Você pode começar a desconfiar se diversos anúncios começarem a ser abertos sem motivo no seu navegador.
      Além disso, vários sites estranhos podem ser acessados sem que você faça nada. Preste atenção nesses detalhes, já que estes são os sinais mais aparentes que você encontrará.
      3. Novos aplicativos
      Outro sinal bem perceptível de que há vírus no seu Android é a aparição de aplicativos e jogos novos que você não instalou no smartphone.
      Muitos dos malwares do Android são desenvolvidos exatamente para gerar dinheiro através de anúncios indesejados e instalação de apps estranhos. Alguns desses apps ficam escondidos e você só os verá na gaveta de aplicativos do aparelho, então sempre fique de olho.
      4. Aquecimento

      O aquecimento de um smartphone é geralmente bem normal, especialmente durante o carregamento da bateria ou com o uso intenso de aplicativos ou jogos pesados. O problema é que o aquecimento sem motivos aparentes pode estar ligado diretamente a um vírus ou malware.
      Como mencionamos anteriormente, os vírus de Android tendem a fazer seu smartphone realizar diversas tarefas em segundo plano, o que pode levar ao aumento de sua temperatura repentinamente.
      5. Bateria consumida rapidamente
      Por fim, você também perceberá que a carga do seu smartphone Android não durará muito quando estiver infectado por um vírus. Isso acontece pelo conjunto de fatores que mencionamos nos outros tópicos e é um sinal importante que você deve notar no dia a dia.
      6. Como resolver?Caso tenha realmente descoberto um vírus ou malware no seu Android, há algumas medidas que pode tomar para se livrar do problema. Antes de tudo, instale um antivírus para fazer uma limpeza geral no aparelho. Você pode conferir nossas principais sugestões através deste link.
      Fonte:apptuts