Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'Tutorial para PC'.

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • Open World
    • Anything Goes
    • Analyzes & Reviews
    • Trackers & Warez
  • Platforms
    • PC Master Race
    • Playstation
    • Xbox
    • Nintendo
    • Retro / Emulators
    • e-Sports
    • iOS / Android
  • Must Have
    • Call of Duty
    • GTA V - Grand Theft Auto 5
    • Minecraft
    • Battlefield
    • FIFA / PES
  • Web & Design
    • Tips and Tutorials
    • Gallery
    • Development - Helpdesk
  • GGames
    • Announcements
    • Reviews, doubts & suggestions
  • Battlefield 1's Regras
  • Trainers/Hackers's Tópicos
  • The Last of Us's Músicas
  • The Last of Us's Discussão Geral
  • The Last of Us's Dúvidas e Ajuda
  • PC Master Racer's Discussões Master Racer
  • Grand Chase's Servidores Online
  • Grand Chase's Discussão Geral
  • FREE Club's's Pc
  • FREE Club's's Google Play
  • Servidor Rust! [Oficial GGames]'s Denúncia

Calendars

  • Playstation
  • Xbox
  • PC
  • Nintendo
  • Transmissão [Stream]
  • Evento

Product Groups

There are no results to display.

Blogs

  • Artigo
  • Notícia Gamer
  • Servidor Rust! [Oficial GGames]'s Novidades

Categories

  • Games
    • Games Translations - PT-BR
    • Trainers & Hacks Offline
    • Save/Inventory Editor
    • Emulators
    • Utilities
    • Save Games
  • Softwares & Aplicativos
    • Operationals Systems
    • Utilities
    • APK Mirror
    • Productivity and Office
    • Drivers and Essentials
    • Security and Performance
    • Internet and Browsers
    • Multimedia
  • Creation and Development
    • Fonts
    • Vectors (Illustrator / Corel / PDF)
    • Images (PSD / PNG / High Resolution)
    • HTML5 / CSS3 / Javascript / Codes
    • PHP / MySQL
    • Wordpress | CMS
    • IPBOARD | IPS

Categories

  • Jogos / Voucher / Gift Card / Contas
  • Convites Trackers / Fórum Warez

Categories

  • Wiki - Como usar o GGames
    • Fórum / Perfil
    • Lojinha / GCoins
    • Rifas / Sorteios
    • Downloads
    • Clubes / Conquistas / Calendário
  • PC - Dicas e Tutoriais
    • Internet | Emails
    • Sistemas Operacionais
    • Office
    • Hardware | Redes | Periféricos
    • Redes Sociais | Messengers
    • Hacker | Invasão
    • Softwares | Downloads | Uploads
    • Raspberry Pi | Arduino Uno | Mini PC
  • Plataformas
    • Playstation
    • Xbox
    • Nintendo
    • Mobile (iOS / Android)
    • Emuladores / Retrô
  • Web Design
    • HTML | CSS | Javascript
    • Wordpress | Joomla | CMS
    • Magento | Woocommerce | Shopify
    • PHP | MySQL
    • IPB | PHPBB | VBulletin | Xenforo | MyBB
    • Hospedagem | Domínio | Servidor
  • Design Gráfico
    • Photoshop
    • Fireworks
    • Illustrator
    • CorelDRAW
    • Impressão 3D | Modelagem 3D
  • Minecraft
  • The Last of Us's Guia de Troféus
  • The Last of Us's Dicas e Tutoriais
  • Grand Chase's Dicas e Tutoriais

Find results in...

Find results that contain...


Date Created

  • Start

    End


Last Updated

  • Start

    End


Filter by number of...

Joined

  • Start

    End


Group


Quem sou


Contato.bio/

  1. Abaixo está o processo detalhado pelo qual passei para instalar o Rclone, o Rclone Mount no WINDOWS. Tenho certeza de que outros usuários avançados terão dicas adicionais nos comentários, o que também beneficiará a mim e a outras pessoas. Este guia pressupõe que você já tem um drive de equipes (Caso não tenha vc pode adquirir aqui no ggames) e de preferência uma api ja criada pois isso aumenta sua velocidade ( Programas necessários: WINFSP (https://nssm.cc/ci/nssm-2.24-101-g897c7ad.zip) RCLONE (https://rclone.org/downloads/) NSSM (https://nssm.cc/ci/nssm-2.24-101-g897c7ad.zip) Configurando Rclone: Baixar Rclone 64 bits para Windows (atualmente 1.54.1) Descompacte a pasta em C:\rclone (lembrando quando descompactar renomear para rclone) Para ficar mais fácil para quem não saber usar o terminal, no local onde está a pasta do rclone, digita cmd e da enter, ele já vai abrir o cmd no diretório (vou inserir o link da imagem pq a dando o erro quando upo): Nisso ele vai abrir o prompt de comando, já no rclone para a configuração: Você vai usar o comando rclone config: Vai digitar n para criar um novo remoto e escolher o nome: Vc pode escolher qualquer um. ATENÇÃO NESSA FASE. Escolher o número que tem o google driver nesse caso é o 15 E a dar enter Aqui para quem fez o api so colocar o id e dar enter, quem não fez so dar enter Aqui para quem fez a senha do api so colocar o código e dar enter, quem não fez so dar enter. Aqui vc digita 1 Aqui vc digita enter. Enter novamente Em configuração avançada vc colaca n(no) Em autoconfig vc pode colocar y e ele vai abrir o navegador para logar na conta google (tem que ser na conta que vc tem o drive ilimitado) (para quem colocar a api ele vai dar um erro so liberar o acesso) Aqui a gente vai configurar o drive de equipe so colocar y e dar enter Vai ta os seus driver ilimitados so digitar o numero respectivo ao driver que vc quer montar e dar enter Confirma e digitar com y NSSM extrai e coloca na pasta do rclone lembrando que tem que ser o 64 se seu windows for 64 e vice e versa O WINFSP você instala com todas as permissões Agora com o cmd em modo administrador você vai digitar o comando cd C:\rclone Já dentro do rclone você vai utilizar o comando nssm Install Clique em pach e selecione o rclone.exe: Crie 2 pastas em "C:/rclone", uma com o nome "logs" e outra com o nome "DriveFSCache". CUIDADO PARTE IMPORTANTE EM ARGUMENTS VC VAI VAI EDITAR ESSE SCRIPT: mount --log-file c:\rclone\logs\rclone.log --fuse-flag sync_read --tpslimit 10 --tpslimit-burst 10 --dir-cache-time=160h --buffer-size=64M --attr-timeout=1s --vfs-read-chunk-size=2M --vfs-read-chunk-size-limit=2G --vfs-cache-max-age=5m --cache-dir c:\rclone\DriveFSCache NomeQueColocouNoRemote: LetraDisponivel(ex: X): --config "C:\Users\SeuUsuario\.config\rclone\rclone.conf" --vfs-cache-mode writes O nome do remoto tem que ser oque vc escolheu no rclone, e a letra disponível é que tem faltando no explore, caso não saiba o seu usuário é so ir no disco c, usuários e la vai tar uma pasta com seu usuário. NO MEU CASO FICARIA: mount --log-file c:\rclone\logs\rclone.log --fuse-flag sync_read --tpslimit 10 --tpslimit-burst 10 --dir-cache-time=160h --buffer-size=64M --attr-timeout=1s --vfs-read-chunk-size=2M --vfs-read-chunk-size-limit=2G --vfs-cache-max-age=5m --cache-dir c:\rclone\DriveFSCache ggames: G: --config "C:\Users\joao_\.config\rclone\rclone.conf" --vfs-cache-mode writes Em service name você pode escolher qualquer nome, eu gosto de colocar o nome que usei no rclone para ficar mais fácil de identificar. Vá até "exit actions" e coloque 10000 assim como na imagem e aperte em "Install service" E clique em install service. Mensagem que foi um sucesso: Agora no mesmo prompet so digitar o comando nssm start nomdoservicoquevoceescolheu no meu caso fica nssm start ggames Se ele não iniciar automáticamente abra o gerenciador de tarefas e procure pelo nome do serviço que você escolheu, botão direito e clique em iniciar, no meu caso ele iniciou sozinho. Aqui o hd já esta montado como um hd na maquina: Bom agora que vem o pulo do gato para poder fazer o seed: 1. Você vai baixar o arquivo no seu pc 2. Vai transferir para a nuvem com o Rclone browser ou imperius backup ou outro forma que queira 3. Quando já na nuvem, vc vai no seu programa de torrent no meu caso é o qbitorrent e vai clicar em definir local: 4. vc vai colocar na pasta anterior ao locar do seu arquivo ou na raiz 5. Tipo eu tenho uma pasta de seeds e dentro tem o curso do mairo eu não vou vou selecionar a pasta do mairo vou selecionar a pasta seeds 6. Ele vai fazer re-checagem isso pode demorar a depender do tamanha do arquivo 7. Se não tiver igual ao arquivo de origem ele da erro 8. Pronto agora vc pode excluir o arquivo do pc, que vai está seedeando na nuvem, lembrem-se a nuvem pode cair por isso tenha várias nuvens de backup 9. Claro que se vcs quiserem utilizar o plex ou o emby tbm é possível, so não vou fazer pq não fiz, caso queira so olhar no post do reddit ou no canal do samuca tutoriais. 10. Caso queiram assistir no pc, utilizem o vlc. 11. A nuvem fica montada como um hd normal. 12. Vc pode usar o tutorial para outros serviços de drivers com o ondrive, so mudar a numeração para a nuvem conrrespondente. Créditos: https://www.reddit.com/r/DataHoarder/comments/bmmhlj/windows_rclone_rclone_browser_rclone_mount_plex/ E ao KJ_ do semeando que graças a ele trago esse tutorial a vcs. Galera quando passei para o site do gg as imagens sumiram vou upar um pdf com os passos. https://smallpdf.com/shared#st=966d806c-5502-4ad0-aba0-2889bd40aa0e&fn=semear+pela+nuvem.pdf&ct=1616445640074&tl=share-document&rf=link Qualquer coisa que possa ajudar e souber estou a disposição.
  2. Como restaurar a capacidade de armazenamento do pendrive: 1. Abra o Menu Iniciar, pesquiser por Prompt, clique com o botão direito em “Prompt de Comando”, selecione a opção “Executar como administrador”, e clique “Sim” para abrir o “Prompt de Comando”. 2. No Prompt de Comando, digite diskpart e pressione “Enter”. 3. Digite o comando list disk para listar todos os dispositivos conectados. 4. Identifique o pendrive pelo tamanho e use o comando select disk X, onde X é o número do disco relativo ao pendrive. Por exemplo na imagem abaixo o pendrive é o disco 2, então use select disk 2. 5. Com o disco correto selecionado, digite o comando clean e pressione “Enter”. 6. Digite o comando create partitiion primary para criar uma nova partição no pendrive. 7. Em seguida, digite o comando active 8. Por fim, digite o comando format fs=fat32 quick para formatar o pendrive. 9. Pronto, uma vez feito isso, o pendrive será restaurado com a sua capacidade total.
  3. Saber como tirar print no notebook é uma habilidade útil, já que pode usar a ferramenta para gravar mensagens trocadas entre você e empresas que estão a te vender algo, lembrar de algum código e acesso – embora apps para gerenciar senhas sejam os mais indicados – ou ter uma cópia de algum pedido feito em lojas online. Você não precisa pegar seu smartphone e tirar uma foto da tela para isso. Na verdade, existem algumas maneiras diferentes de salvar o que está na tela do seu notebook. Veja abaixo o nosso guia completo ensinando os diversos métodos que pode usar! Como tirar print no notebook sem instalar programas A primeira coisa que precisa saber quando está a aprender como tirar print da tela do notebook é que você não precisa instalar nenhum programa, caso não queira. O próprio Windows te oferece mais de um modo para conseguir isso. O mais clássico, que existe desde os primórdios do sistema operacional, é por meio da tecla Print Screen. Sempre que se deparar com uma tela que deseja capturar, basta apertar a tecla. Não aconteceu nada? Sem problemas, porque ela foi para a área de transferência do seu PC. Para salvá-la, você pode abrir o Paint ou qualquer editor de imagem que já esteja instalado, como o Adobe Photoshop. Após abrir o programa, basta clicar no botão Selecionar. Em seguida, clique com o botão direito do mouse em qualquer lugar na tela em branco e selecione a opção Colar. Dica: alternativamente, pode usar a combinação de teclas Ctrl + V. Agora, é só clicar em Arquivo -> Salvar e nomear a captura de tela que acabou de fazer. Dica: alternativamente, você pode tirar print da tela do notebook também ao usar a combinação de teclas Windows + Print Screen. Ao fazer isso, a captura será salva automaticamente em C:\Users\[SeuNome]\Pictures\Screenshots. Como printar sua tela no Windows 10 Com a chegada do Windows 10, passou a existir mais formas de aprender como tirar print no notebook. O snip & sketch é uma dessas ferramentas. Ele possibilita que escolher qualquer outra tecla além do Print Screen para usar na captura. Além disso, por meio dele também é possível selecionar áreas determinadas, ao invés de capturar a tela inteira. Quer saber como usá-la? Então faça a combinação de teclas Windows + Shift + S agora mesmo! A seguir, você poderá escolher um dos botões para definir como será feita a captura de tela. Clique no que mostramos abaixo para saber como capturar apenas o que achar relevante. Agora, destaque a parte da tela que deseja capturar, bastando arrastar o mouse para definir a área. Após isso, o print será feito. Assim como no método anterior, é necessário abrir um aplicativo de fotografias e colar a captura para salvá-la em seu computador. Como capturar tela no MacBook Se você tem um notebook da Apple, o processo é parecido, mas ainda tem algumas diferenças. Por isso, também é importante mostrar como tirar print no notebook MacBook. Fazer isso é bem simples, bastando que pressione a combinação de teclas Shift + Command + 3 ou Shift + Command + 4. Na primeira opção, você captura a tela inteira. Já na segunda poderá marcar apenas uma parte, usando seu mouse para desenhar um retângulo onde deseja capturar. Como tirar print no notebook com o Monosnap Se ainda prefere usar outro programa para capturar telas no computador, o Monosnap é uma das soluções mais indicadas. Disponível gratuitamente para download no Windows ou no Mac, basta clicar no link para baixar e instalar o programa. Uma das vantagens do Monosnap é a possibilidade de fazer pequenas edições na captura, possibilitando incluir setas, inserir texto ou até mesmo aplicar o efeito de desfoque, protegendo informações sensíveis. Após a instalação, você poderá fazer capturas de tela a qualquer momento usando as combinações de teclas Alt + Ctrl + 6 ou Alt + Ctrl + 5. Enquanto a primeira captura a tela inteira, a segunda tira print apenas de uma parte. Ao fazer print, uma janela de edição aparecerá, no qual poderá aplicar os efeitos que citamos. Depois de editar, você pode clicar em Save para salvar a imagem no seu PC ou em Upload para gerar um link de acesso. Qualquer pessoa com esse link poderá ver a imagem que capturou do notebook. Dica: vale lembrar que o Monosnap também serve para gravar vídeos! Como você costuma tirar prints no notebook? Com esses métodos, pode facilmente capturar qualquer tela no seu computador. Qual deles é o seu favorito ou o mais prático? Comente conosco!
  4. Por que não consigo ver um novo disco no Windows? Os fabricantes não sabem qual sistema de arquivos o usuário final desejará usar, portanto, cabe ao dono da unidade pôr em execução uma formatação de alto nível, que pode ser feita diretamente pelo próprio Windows, numa ferramenta nativa do próprio sistema da Microsoft. Através dessa formatação de alto nível, você poderá atribuir a letra da unidade, que irá servir como referência em relação às demais, definir o sistema de arquivos e se a unidade adotará o esquema de particionamento MBR ou GPT. Só após esse processo de mapeamento, o disco será devidamente habilitado no sistema para que você interaja com ele, permitindo a adição de arquivos ou a instalação de programas e jogos. Abaixo você confere o passo a passo sobre como fazer o Windows reconhecer corretamente a nova unidade de disco que você adicionou ao computador. Para este teste utilizei um SSD de 256 GB da Pichau Gaming, modelo PG256X. Para verificar que fisicamente a unidade foi corretamente reconhecida pelo Windows, basta que você digite no menu iniciar “Gerenciador de Dispositivos”. Na última sessão desta tela temos o grupo “Unidades de Disco”, expanda essa opção e verifique se a unidade que você conectou antes de ligar o computador foi reconhecida, caso ela não apareça na lista pode estar havendo algum problema com o cabo de dados ou até mesmo com o cabo de energia da fonte, que alimenta o disco. Bom, feita essa checagem, vamos agora para o processo da formatação de alto nível que fará com que o Windows reconheça normalmente aquela sua unidade de disco. Para isso, no campo de busca do menu iniciar digite a palavra disco. De cara você verá a opção “criar e formatar partições do disco rígido”, clique nela. Automaticamente somos levados para o gerenciamento de disco do Windows, é nesta área que você tem um panorama sobre as unidades conectadas e devidamente reconhecidas e as que estão conectadas, mas que ainda precisam passar pelo processo de atribuição do mapeamento, que passa pela definição do sistema de arquivos, atribuição da letra da partição e o esquema de particionamento. Além desse processo de reconhecimento, o gerenciamento de disco nativo do Windows pode ser utilizado para criar partições lógicas a partir de uma partição física (o disco), reduzir ou aumentar partições existentes, entre outras funções. Assim que você iniciar o gerenciamento de disco com a nova unidade conectada ao PC, o utilitário do Windows irá pedir para que você escolha qual será o estilo de partição dessa unidade, a escolha é entre o MBR (Master Boot Record), criado pela IBM há 35 anos, e que era bem comum no passado, mas devido suas restrições, deu lugar aos sistemas mais novos ao GPT (GUID Partition Table), que está totalmente alinhado com a transição da BIOS para UEFI. Como estou utilizando o Windows 10, irei marcar o GPT. Atualmente o MBR é “viável” apenas em versões masi antigas do Windows, já que, por exemplo, se você ainda utiliza o Windows XP de 32-bits, não tem escolha, o GPT não é reconhecido, nem como partição do sistema nem como partição de dados. Após definir o sistema de particionamento, o disco irá passar da classificação “desconhecido” no gerenciamento de disco para “online”. No entanto, observe que uma das unidades, a que você ainda não formatou e que foi conectada ao PC exibe o rótulo “não alocado” abaixo do tamanho da unidade. Unidades alocadas são representadas por uma linha azul acima da descrição, enquanto unidades ainda não configuradas corretamente recebem uma linha preta. Para iniciar o processo de mapeamento dessa unidade, clique com o botão direito do mouse sobre a área desse SSD ou HD ainda não alocado no sistema e escolha a opção “novo volume simples”, para que o assistente de novas partições seja iniciado. Ao avançar, você terá que definir qual será o tamanho do volume isto, é o espaço da unidade que será alocado – caso você não altere o valor exibido a unidade será iniciada como uma partição única em sua totalidade. A opção de reduzir o volume é útil quando você deseja dividir a capacidade do disco em múltiplas partições. Na próxima etapa selecione a letra sob a qual a unidade reportará no sistema. Mais uma vez, você pode deixar a seleção padrão e clicar em “Avançar” para continuar. Em seguida defina o sistema de arquivos – por padrão é o NTFS, e você pode até escolher como irá ficar o nome da unidade quando ela aparecer no Windows, determine o nome no campo rótulo de volume. Clique novamente em avançar, e em concluir. Pronto, sua unidade está alocada, e devidamente reconhecida pelo Windows.
  5. Como usar emojis no PC: Opção 1 – Como usar emojis no Windows 10: 1. O Windows 10 possui uma função nativa que lhe permite usar facilmente emojis. Tudo o que você precisa fazer é pressionar as teclas Windows+ . ponto para exibir o painel de emojis do Windows 10. 2. Uma vez feito isso, basta você pesquisar pelo emoji que deseja adicionar utilizando a pesquisa ou navegando pelas categorias e, em seguida clicar no emoji desejado para ele ser adicionado no texto. Opção 2 – Como usar emojis no Windows 10: 1. Outra forma de usar emojis no Windows 10 é através do teclado virtual. Clique com o botão direito na barra de ferramentas e escolha “Mostrar botão do teclado virtual” para colocá-lo perto do relógio. 2. Uma vez feito, clique no ícone de teclado perto do relógio para abrir o teclado virtual, que funciona da mesma forma dos teclados do celular, clique no botão de emojis e selecione o que deseja utilizar. Opção 3 – Como usar emojis no Google Chrome: 1. Uma terceira opção para usar emojis no computador é instalado uma extensão para Chrome. Uma vez instalada a extensão Emoji Keyboard, basta clicar no ícone dela ao lado da barra de endereços e selecionar o emoji que deseja utilizar para colar na rede social, mensagem, email ou outra postagem. Opção 4 – Como usar emojis no computador: 1. Por fim, se nenhuma das opções acima, resolveu seu problema, você pode usar um site de emojis como o Emoji Cut para copiar e colar os emojis. Embora não seja a opção mais prática, ela funciona.
  6. Semeando torrent na nuvem usando o windows. Abaixo está o processo detalhado pelo qual passei para instalar o Rclone, o Rclone Mount no WINDOWS. Tenho certeza de que outros usuários avançados terão dicas adicionais nos comentários, o que também beneficiará a mim e a outras pessoas. Este guia pressupõe que você já tem um drive de equipes (Caso não tenha vc pode adquirir aqui no ggames) e de preferência uma api ja criada pois isso aumenta sua velocidade ( Programas necessários: WINFSP (https://nssm.cc/ci/nssm-2.24 Autor
  7. Ativar ou desativar o Bluetooth de computadores com Windows 10 é uma tarefa simples. O recurso pode ser necessário para conectar e usar teclados, mouses, caixas de som e outros periféricos sem fio, além de transferir arquivos entre dispositivos. No sistema da Microsoft, a opção pode ser encontrada nas configurações ou em um atalho na central de notificações. No tutorial a seguir, confira como ativar ou desativar o Bluetooth do seu PC. O procedimento foi realizado na atualização mais recente do Windows 10. Para versões anteriores do sistema. Aprenda a ativar ou desativar o Bluetooth do PC com Windows 10 Como encontrar a senha Wi-Fi de sua rede atual no Windows Passo 1. Abra as configurações do Windows 10; Acesse as configurações do Windows 10 — Foto: Reprodução/Helito Beggiora Passo 2. Agora, clique em "Dispositivos"; Abra as configurações de dispositivos — Foto: Reprodução/Helito Beggiora Passo 3. Em "Bluetooth", defina a opção como "Ativado". Como usar o atalho para ativar e desativar o Bluetooth Você pode ativar ou desativar rapidamente o Bluetooth por meio de um atalho na central de notificações do Windows 10. Para acessá-lo, clique sobre o botão à direita do relógio. Em seguida, basta pressionar o ícone de Bluetooth para ativar ou desativar a conectividade. Aproveite as dicas para ativar ou desativar o Bluetooth do seu PC com Windows 10.
  8. Usando Bluetooth, podemos conectar o notebook a fones de ouvido, mouse, caixas de som, teclado e até um joystick. Para aqueles que raramente usam esse tipo de comunicação entre dispositivos, pode ser difícil lembrar como encontrar essa opção em seus computadores pessoais. Por isso, montamos este artigo. Você irá aprender o passo a passo sobre como ativar o Bluetooth no notebook. Ativando o Bluetooth em um notebook com Windows 10 Vamos seguir esse passo a passo em um notebook equipado com o sistema operacional Windows 10. É muito simples ativar o recurso no sistema. Primeiro, precisamos abrir as configurações do notebook. Há algumas maneiras de chegar até lá. Você pode, por exemplo, pressionar o botão do Windows e, em seguida, o ícone de engrenagem. Em seguida, selecione a seção “Dispositivos”. A aba “Bluetooth e outros dispositivos” deve abrir automaticamente, pois é a primeira da linha, mas se não aconteceu, podemos selecioná-la na barra da esquerda. Alternativamente, podemos simplesmente inserir “Bluetooth” na barra de pesquisa do sistema e selecionar o resultado “Bluetooth e outras configurações de dispositivos”. Tudo o que precisamos fazer agora alternar o botão, abaixo da palavra “Bluetooth”, para a posição “Ligado”. Você pode adicionar um novo dispositivo usando o botão “Adicionar Bluetooth ou outro dispositivo” acima. Depois de pressioná-lo, você precisará escolher uma das três opções: Bluetooth,vídeo sem fio ou outras opções, como controles do Xbox com adatador sem fio, DNLA e muito mais. Se você deseja conectar um mouse, fones de ouvido ou teclado com Bluetooth, a primeira opção será a escolha certa. Ativar o Bluetooth pela Central de Notificação Além da ativação por meio do menu Configurações, o Windows 10 permite que seus usuários ativem e desativem várias funções rapidamente por meio da Central de Notificações . A ativação do Bluetooth está incluída entre essas funções. A Central de Notificação está localizada no canto inferior direito da barra de tarefas. O ícone lembra um balão de fala de quadrinhos. Uma janela lateral será aberta na parte inferior da qual serão listadas as várias funções que podemos ativar e desativar com um clique. Encontre o bloco Bluetooth e selecione-o. Você saberá imediatamente que funcionou; na verdade, a caixa ficará marcada numa cor seguindo o padrão adotado no seu Windows. Ativando o Bluetooth pelo teclado Além das configurações internas do Windows, em alguns notebooks você também pode ativar o Bluetooth por uma combinação de teclas. O recurso pode ser ativado tanto por uma tecla dedicada presente no teclado do notebook ou por uma combinação de teclas, geralmente ancorada na combinação da tecla FN+ a tecla identifica pelo ícone do Bluetooth. Geralmente a combinação costuma ser FN+F3 ou FN+F4. Essa combinação serve tanto para ativar quanto para desativar o Bluetooth. Se o seu computador não tiver suporte a Bluetooh, os desktops, por exemplo, dificilmente há placas-mãe com suporte nativo. Para contornar isso você pode adquirir um adaptador USB Bluetooth. É um dispositivo com um aspecto muito semelhante aos muito populares pendrives e podem ser comprados em qualquer loja de eletrónica ou mesmo online.
  9. O que saber sobre Nvidia? Quando falamos do mercado de games, surge esta linha de GPUs, que para seu correto funcionamento requer a instalação de alguns drivers para Windows, porém, como tantas coisas podem trazer consigo uma série de falhas, uma delas passa a ser em relação ao drivers quando instalados, certamente o ideal é contar com o gerenciador de dispositivos, só que o dispositivo não apareça nos adaptadores de vídeo, o que impede que os drivers sejam instalados, para que isso mude devemos seguir algumas dicas de como consertar a placa gráfica que não é exibido no Gerenciador de dispositivos e no texto a seguir estarão os detalhes, vamos ver. Como consertar a placa gráfica que não aparece no Gerenciador de dispositivos em Nvidia? Atualização do driver: a instalação dos drivers é uma prioridade se queremos resolver Como consertar a placa gráfica que não aparece no Gerenciador de Dispositivos, apenas que devemos seguir as instruções abaixo: Vá para a página do fabricante e procure o que está instalado em nosso sistema operacional Todos os drivers devem ser baixados para o dispositivo, não incluindo o driver Nvidia GPU Quando a instalação de outro software de driver é concluída, reiniciamos e vemos sem a GPU é exibida no gerenciador de dispositivos No site do fabricante da GPU é possível instalar o driver O problema pode ser resolvido, mas se não, você deve continuar com outras opções. Verificando no Gerenciador de Dispositivos: Sem instalar os drivers adequados não é possível resolver como consertar a placa gráfica que não aparece no Gerenciador de Dispositivos, mas a GPU Nvidia pode aparecer na lista de outros dispositivos ou no PCI-E, que verificaremos com as etapas abaixo: Ao pressionar o botão direito do mouse no início, vamos para o gerenciador de dispositivos Agora podemos ver e mostrar os dispositivos ocultos Eles devem ser exibidos mostrando um ícone de exclamação, o que representa um problema com este dispositivo Com o botão direito do mouse daremos para atualizar os drivers Escolhemos ser pesquisados automaticamente Se estiver disponível, o Windows se encarregará de instalá-lo. O Windows Update: com o conteúdo que podemos encontrar através do Windows Update, temos a opção de baixar e instalar os drivers de dispositivo mais recentes, graças ao fato de que são verificados, podem ser compatíveis com a versão que usamos e alcançamos resposta Como consertar a placa de vídeo que não aparece no Gerenciador de dispositivos em Nvidia, só precisamos fazer o seguinte: Vá para as configurações e insira atualizações e segurança Vá em busca de atualizações do Windows insistindo se parece que estamos atualizados A pesquisa será executada e o driver atualizado será baixado Depois de concluído, você deve reiniciar e verificar se o dispositivo então aparece no administrador, se não, ainda temos opções para tentar. A verificação da GPU Nvidia: é importante que a GPU esteja bem conectada, isso no slot PCI E, uma das opções possíveis em relação a Como consertar a placa gráfica que não é mostrada no Gerenciador de Dispositivos para esta verificação, então temos que fazer o seguinte: Com o PC desligado, desconecte o cabo de alimentação Abrimos a CPU e verificamos se a GPU está bem conectada, considerando ao mesmo tempo que passa a depender de uma fonte de alimentação adicional que também deve ser verificada. Fechamos a CPU e ligamos Fazemos a verificação no gerenciador de dispositivos. Reinstalando o windows e instalando os drivers: caso as tentativas anteriores de Como consertar a placa gráfica que não é mostrada no Gerenciador de Dispositivos Nvidia não tenham funcionado, chegamos a esta possibilidade, onde reinstalaremos o Windows, em seguida, faremos uma cópia de backup e começaremos a procurar um novo começo e temos que fazer o seguinte: No sistema operacional, verifique se a GPU é exibida no Gerenciador de dispositivos sem instalar o software Se aparecer, instalaremos os drivers de GPU baixados e os outros Caso não apareça no gerenciador de dispositivos, você deve procurar atualizações na atualização do Windows antes de instalar algo, que você pode verificar e instalar conforme necessário Se nenhuma dessas soluções funcionar, significa que a GPU está com defeito, a placa ou mesmo o slot PCI E. Desta forma, chegamos ao final deste guia Nvidia, agora você está ciente de Como consertar a placa gráfica que não é mostrada no Gerenciador de Dispositivos, trabalhe e aproveite ao máximo.
  10. Como ativar o Bluetooth no Windows 10 Ativar ou desativar o Bluetooth de computadores com Windows 10 é uma tarefa simples. O recurso pode ser necessário para conectar e usar teclados, mouses, caixas de som e outros periféricos sem fio, além de transferir arquivos entre dispositivos. No sistema da Microsoft, a opção pode ser encontrada nas configurações ou em um atalho na central de notificações. No tutorial a seguir, confira como ativar ou desativar o Bluetooth do seu PC. O procedimento foi realizado na atualização mais Autor Allanatulu Categoria Sistemas Operacionais Enviado 21-01-2021 01:37  
  11. Ver este tutorial Aprenda como ativar o Bluetooth no notebook Usando Bluetooth, podemos conectar o notebook a fones de ouvido, mouse, caixas de som, teclado e até um joystick. Para aqueles que raramente usam esse tipo de comunicação entre dispositivos, pode ser difícil lembrar como encontrar essa opção em seus computadores pessoais. Por isso, montamos este artigo. Você irá aprender o passo a passo sobre como ativar o Bluetooth no notebook. Ativando o Bluetooth em um notebook com Windows 10 Vamos seguir esse passo a passo em um notebook equipado c Autor Allanatulu Categoria PC - Dicas e Tutoriais Enviado 21-01-2021 01:10  
  12. Ver este tutorial Como INSTALAR o Windows 10 GRÁTIS Está querendo instalar o Windows 10 em uma ou mais máquinas mas não sabe como fazer? Não tem problema, o processo é bem simples e iremos ensinar vocês o passo-a-passo de como fazer. Se caso você ficar com alguma durante ou no final do tutorial não há problema, pode nos perguntar a vontade nos comentários que iremos responder sempre que for possível, tá bem? Mas sem mais enrolação, vamos ensiná-lo como instalar o windows 10 grátis. Como INSTALAR o Windows 10 GRÁTIS Vamos dividir o Autor Allanatulu Categoria Sistemas Operacionais Enviado 20-01-2021 23:11  
  13. Está querendo instalar o Windows 10 em uma ou mais máquinas mas não sabe como fazer? Não tem problema, o processo é bem simples e iremos ensinar vocês o passo-a-passo de como fazer. Se caso você ficar com alguma durante ou no final do tutorial não há problema, pode nos perguntar a vontade nos comentários que iremos responder sempre que for possível, tá bem? Mas sem mais enrolação, vamos ensiná-lo como instalar o windows 10 grátis. Como INSTALAR o Windows 10 GRÁTIS Vamos dividir o tutorial em passos para ficar mais fácil para vocês, tá bem? Vamos lá. Adquira um Pendrive de no Mínimo 8 GB A primeira coisa que você precisará é de um pendrive de no mínimo 8 GB, porém recomendamos um modelo de 16 GB para mais fácilidade (e o preço compensa, também). Os dados deste pendrive serão apagados durante o tutorial, então salve qualquer arquivo importante. Baixe a Ferramenta de Instalação Essa etapa é bem simples, basta ir neste link e clicar em Baixar a ferramenta agora para fazer o download da mesma, é um arquivo bem pequeno e deve demorar poucos segundos para fazer o download, isso claro irá depender da velocidade de sua internet. Se o link acima não funcionar basta digitar no Google Download Windows 10 e entrar no link do site da Microsoft. Abra o Media Creation Tool e siga os passos O nome da ferramenta que você acabou de baixar se chama Media Creation Tool, vamos abri-lo para seguir com os próximos passos do tutorial. Na primeira tela basta clicar em Accept ou Aceitar, isso vai mudar de acordo com a língua que sua máquina está utilizando. Aceite os termos e clique Next Após aceitar os termos a ferramenta começara a organizar os processos para criar uma mídia de Instalação do Windows 10. Nesta segunda página você deve selecionar a segunda opção para criar uma mídia de Instalação do Windows 10, a primeira opção irá apenas atualizar o seu PC. Selecione a segunda opção Na terceira página desmarque a opção com texto Azul e selecione suas preferências de idioma e a versão do Windows (32 ou 64 Bits), recomendo escolher as duas opções caso você queira utilizar em máquinas mais antigas, caso sua máquina for bem recente aí selecione a opçao de 64 Bits. Aqui escolha o idioma e versão (32-bit ou 64-bit) Na quarta aba você deve selecionar a primeira opção para assim escolher o seu pendrive para criar a mídia de instalação do Windows, lembre-se de conectar o pendrive no PC antes de seguir para a próxima etapa. Selecione a primeira opção e tenha o pendrive conectado no PC Aqui você deve ver a sua unidade conectada ao computador, caso ela não aparece não há problema, basta clicar em Refresh List ou Atualizar Lista que o mesmo deve aparecer. Caso você tenha mais de um pendrive ou HD/SSD externo conectado ao computador, recomendo desconectá-lo. Selecione o seu pendrive, recomendamos ter somente 1 plugado no computador A partir daqui a ferramenta irá começar a fazer o download dos arquivos necessários e transformar seu pendrive em uma mídia de instalação do Windows 10, não há nada a mais para fazer além de esperar este processo ser concluído. Ah, você pode usar seu PC normalmente enquanto a ferramenta vai fazendo as tarefas. Deixe a ferramenta baixar e configurar tudo, quando encerrado clique em "Terminar" Quando o processo estiver concluído, basta clicar em Finish ou Terminar. Reinicie o PC e selecione o Pendrive como Boot principal na BIOS O próximo passo é reiniciar o PC, enquanto ele reinicia é importante ficar pressionando repetidamente a tecla Delete ou Del em seu teclado para ele entrar na BIOS, é lá onde selecionamos a ordem de dispositivos de boot. Vá na aba Boot na BIOS Ao entrar na BIOS, encontre a aba Boot e ache onde está localizado a Opção de Boot 1 ou Boot Option 1 ou algo parecido a isso, é ali que você seleciona o seu pendrive para iniciar a instalação do Windows. Vá em Boot Option 1 e selecione o seu Pendrive Após selecionar o seu pendrive como opção de boot primária, basta apertar o botão F10 em seu teclado, uma mensagem irá aparecer em sua tela, clique em Ok e o computador deve reiniciar novamente. Pressione F10 no teclado e clique em Ok para salvar e reiniciar Instalando o Windows 10 Agora que já selecionamos o nosso pendrive como opção primária de Boot, iremos começar a instalação do Windows 10. Em nosso caso foi nos dada a opção de escolher a instalação em 32-Bits ou 64-Bits, como comentei no início do Tutorial. Nós iremos escolher a opção de 64-Bits. Selecione a versão desejada (32-bit ou 64-bit) Após selecionarmos a opção desejada acima, iremos começar a instalação do mesmo. As opções de idioma já foram escolhidas no começo do nosso tutorial pelo Media Creation Tool, então aqui não deve ter nada que devemos alterar, clique em Continuar. As configurações já foram feitas no Media Creation Tool, clique "Next" Na segunda aba basta clicar em Instalar agora ou Install Now. Clique em "Install Now" Na terceira página o instalador irá pedir a chave do Windows, caso você tenha comprado uma licença do mesmo é aqui que você deve inserir o código, caso você não tenha comprado não há problema, basta selecionar a opção I don't have a product key ou Eu não tenho uma chave do produto que a instalação irá continuar normalmente. Selecione a opção "I don't have a product key" onde o mouse está posicionado Neste painel iremos encontrar uma lista de versões do Windows, a mais indicada é a Home pois a mesma tem a grande maioria dos drivers necessários já integrados no Windows, mas você também pode selecionar outras versões caso seja necessário para o seu uso, em nosso caso fomos com a Home mesmo. Selecione a versão do Windows e clique em "Next" Apenas aceite os Termos de Licença e clique em próximo. Aceite os termos e clique Next Aqui é extremamente importante selecionar a segunda opção que é Custom Install, pois só assim você conseguirá fazer uma instalação do Windows 10 do zero. Selecione "Custom Install" Já aqui chegamos a última aba da instalação, é aqui onde você escolhe o HD / SSD onde o Windows será instalado. Caso você tenha múltiplos drives em seu PC será necessário prestar atenção em qual deles você irá selecionar para a instalação. Em nosso caso, o drive escolhido é o Drive 1 com 931.5 GB, mas em seu caso pode ser o Drive 0 ou o Drive 2, por exemplo, então preste bastante atenção para fazer a correta seleção. Ao selecionar o nosso drive, vamos clicar em New para criar uma partição de instalação e deixá-lo pronto para a instalação. A quantidade de espaço já vem correta na parte Size, então não é preciso alteração. Clique em Aplicar para criar a partição, o instalador irá mostrar uma janela avisando sobre a criação de uma nova pequena partição para arquivos extras, basta clicar em Ok. Selecione o seu Drive e clique em "New" e aí em "Apply" A partir daí, basta selecionar novamente o mesmo drive que acabamos de criar a partição e clicar em Next para iniciar o processo de instalação. Agora basta esperar o processo de instalação terminar Aqui basta deixar que o processo de instalação conclua tudo que for necessário, caso o computador reiniciar e voltar para a tela de instalação, não há problema, é normal isso acontecer. Caso pareça que ele "reiniciou" todo o processo e está pedindo para você fazer as seleções novamente, quer dizer que o Windows já foi instalado, você pode cancelar a seleção e ir para o próximo passo. Selecionar o novo Windows como Boot principal Agora que já instalamos o Windows, basta voltarmos para a BIOS e selecionar o nosso HD / SSD como opção de boot primária. O próximo passo é reiniciar o PC, enquanto ele reinicia é importante ficar pressionando repetidamente a tecla Delete ou Del em seu teclado para ele entrar na BIOS, é lá onde selecionamos a ordem de dispositivos de boot. Vá na aba Boot na BIOS Ao entrar na BIOS, encontre a aba Boot e ache onde está localizado a Opção de Boot 1 ou Boot Option 1 ou algo parecido a isso, é ali que você seleciona de volta o seu HD / SSD para virar a sua opção primária de boot novamente. Vá em Boot Option 1 e selecione o seu HD / SSD Após selecionar o seu HD / SSD como opção de boot primária, basta apertar o botão F10 em seu teclado, uma mensagem irá aparecer em sua tela, clique em Ok e o computador deve reiniciar novamente. Pressione F10 no teclado e clique em Ok para salvar e reiniciar Pronto! Agora você já está com o Windows 10 instalado em sua máquina de forma totalmente grátis e sem nenhum tipo de pirataria. Basta iniciar - ou reiniciar - o seu PC e configurar tudo para sair usando. Ficou com alguma dúvida? Comente abaixo que iremos tentar ajudá-los em tudo que for possível!
  14. Ver este tutorial Como criar uma imagem ISO em um pendrive USB para Windows e Linux? Criar mídia de instalação para o seu sistema operacional costumava ser simples. Bastava baixar um ISO e gravá-lo em um CD ou DVD. Agora estamos usando unidades USB, e o processo é um pouco diferente para cada sistema operacional. Você não pode simplesmente copiar arquivos de uma imagem de disco ISO diretamente no seu pendrive USB. A partição de dados da unidade USB precisa ser inicializável, para começar. Esse processo geralmente limpará seu pendrive USB ou cartão SD. MICROSOFTWindows Autor Allanatulu Categoria Hardware | Redes | Periféricos Enviado 20-01-2021 22:40  
  15. Criar mídia de instalação para o seu sistema operacional costumava ser simples. Bastava baixar um ISO e gravá-lo em um CD ou DVD. Agora estamos usando unidades USB, e o processo é um pouco diferente para cada sistema operacional. Você não pode simplesmente copiar arquivos de uma imagem de disco ISO diretamente no seu pendrive USB. A partição de dados da unidade USB precisa ser inicializável, para começar. Esse processo geralmente limpará seu pendrive USB ou cartão SD. MICROSOFTWindows 10: Microsoft lança primeira atualização do ano para corrigir 83 bugs Use uma unidade USB 3.0, se puder O USB 2.0 existe há muito tempo, e todos os equipamentos o suportam, mas é notoriamente lento. Você vai conseguir fazer uma instalação muito mais rápida se usar um pendrive USB 3.0. Os preços caíram drasticamente, e os aumentos de velocidade são consideráveis. Você pode ter até 10x mais velocidade. E a velocidade realmente importa quando você está fazendo uma unidade botável. Não se preocupe com a compatibilidade, essas unidades mais rápidas são totalmente compatíveis com um antigo sistema USB 2.0, você simplesmente não terá o benefício de velocidade. Como criar uma imagem ISO em um pendrive USB para Windows 7, 8 ou 10 LINUXLinux Mint: Beta da versão Tricia 19.3 é liberada para download Use a ferramenta de download USB/DVD da Microsoft para criar uma unidade bootável. Você precisará de um arquivo ISO do instalador do Windows para executar esta ferramenta. Se você não tiver uma, você pode baixar as mídias de instalação do Windows 10, 8 ou 7 gratuitamente, mas você precisará de uma chave de produto legítima para usá-las. Forneça o arquivo ISO e uma unidade flash USB, e a ferramenta criará uma unidade inicializável. Alternativamente, se você estiver instalando o Windows 10, você pode baixar uma imagem de disco ou gravar mídia de instalação do Windows 10 diretamente usando a Ferramenta de Criação de Mídia da Microsoft. Como criar uma imagem ISO em um pendrive USB para Linux Existem muitas ferramentas que podem fazer este trabalho para você, mas recomendamos um programa gratuito chamado Rufus — é mais rápido e confiável do que muitas outras ferramentas, incluindo o UNetbootin. Baixe a distribuição Linux que você deseja usar em formato ISO. Você pode por exemplo baixar na página de download do Ubuntu. Execute a ferramenta, selecione a distribuição desejada, navegue até o arquivo ISO baixado e escolha a unidade USB que deseja usar. A ferramenta fará o resto. Ao executar o Rufus no seu PC Windows, a ferramenta será aberta imediatamente — você nem precisa instalá-la. Conecte uma unidade USB com pelo menos 2GB de espaço livre ao seu PC Windows. O conteúdo desta unidade será apagado, então faça backup de todos os arquivos importantes na unidade primeiro. Clique na caixa "Device" no Rufus e certifique-se de que sua unidade conectada esteja selecionada. Se a opção "Create a bootable disk using" estiver acinzentado, clique na caixa "File System" e selecione "FAT32". Ative a caixa de seleção "Create a bootable disk using", clique no botão à direita dele e selecione seu arquivo ISO baixado. Depois de selecionar as opções corretas, clique no botão "Start" para começar a criar a unidade inicializável. Você pode precisar de arquivos SysLinux mais novos. Basta clicar no botão "Yes" e o Rufus irá baixá-los automaticamente para você. O Rufus perguntará como você quer escrever a imagem. Basta selecionar a opção padrão — "Write in ISO Image Mode (Recommended)"— e clicar em "OK". Você será avisado de que todos os dados da unidade USB serão apagados. Clique em "OK" para continuar se a unidade não tiver dados importantes sobre ele. (Se você esqueceu de fazer backup dos seus dados, clique em "Cancel", faça backup dos dados na unidade USB e, em seguida, execute Rufus novamente.) O Rufus criará a unidade USB bootável. Você pode clicar em "Close" para fechar o Rufus quando estiver pronto. Em seguida, reinicie o computador e o boot da unidade USB usando estas instruções. Você também pode levá-lo para outro computador e inicializar o Ubuntu a partir da unidade USB naquele computador. Como criar uma unidade USB bootável no Ubuntu Se você já está usando o Ubuntu, você não precisa fazer isso do Windows. Basta abrir o Dash e procurar o aplicativo "Startup Disk Creator", que está incluído no Ubuntu. Startup Disk Creator Forneça um arquivo ISO do Ubuntu baixado, conecte uma unidade USB e a ferramenta criará uma unidade USB Ubuntu inicializável para você. Muitas outras distribuições têm suas próprias ferramentas similares incorporadas, então você terá que verificar e ver o que sua distribuição particular tem disponível.
  16. Como adicionar um widget de previsão do tempo no Windows: Para adicionar um widget de previsão do tempo na área de trabalho do Windows nós vamos usar um “skin” do programa Rainmeter chamado AstroWeather, que é ótimo e possui tradução em português. 1. A primeira coisa que você precisa fazer é instalar o RainMeter em seu computador. Se necessário, você pode ver o tutorial publicado anteriormente, que lhe ensina a instalar o Rainmeter no Windows. 2. Uma vez instalado o Rainmeter, realize também o download do AstroWeather. Observe que para fazer o download do AstroWeather é necessário que você crie uma conta gratuita no site DevianArt. 3. Clique duas vezes no arquivo do AstroWeather (.rmskin) para iniciar a sua instalação. 4. Na janela exibida, basta clicar em “Install” para instalar o AstroWeather. 5. Uma vez feito isso, o widget será carregado no canto direito superior da área de trabalho. Clique uma vez com o botão esquerdo do mouse sobre a temperatura para abrir a “janela de configuração”. 6. Na janela de configuração do AstroWeather, a primeira coisa que você precisa fazer é adicionar a cidade que deseja ver a previsão. Acesse o site www.weather.com, pesquise e carregue sua cidade. e copie o “código” exibido na barra de endereços logo após “https://weather.com/pt-BR/clima/hoje/l”. 7. Retorne a janela de configuração e substitua o código existente pelo código copiado. 8. Em seguida, clique no botão do “Click to change the language” e seleciona a opção “Portuguese”. 9. Na opção “Choose the skin variant”, você pode escolher entre diferentes variações do skin. Cada variação oferece uma disposição e informações diferentes. Por exemplo a variação extendida (Extd) exibe a previsão do tempo para os próximos 5 dias. Clique em cada uma das opções para visualizar. 10. Por fim, você pode definir o formato da hora (12 ou 24), assim como o formato da data, exibindo primeiro o dia seguido do mês, ou no formato americano, que mostra primeiro o dia e depois o mês.
  17. Ver este tutorial Nvidia: Como corrigir a placa gráfica que não está sendo exibida no Gerenciador de dispositivos O que saber sobre Nvidia? Quando falamos do mercado de games, surge esta linha de GPUs, que para seu correto funcionamento requer a instalação de alguns drivers para Windows, porém, como tantas coisas podem trazer consigo uma série de falhas, uma delas passa a ser em relação ao drivers quando instalados, certamente o ideal é contar com o gerenciador de dispositivos, só que o dispositivo não apareça nos adaptadores de vídeo, o que impede que os drivers sejam instalados, para que isso Autor Allanatulu Categoria Hardware | Redes | Periféricos Enviado 11-01-2021 01:36  
  18. 1. Para começar, baixe e instale o programa Core Temp em seu computador. 2. Execute o programa e ele exibirá a temperatura atual, máxima e mínima de cada núcleo do processador, além disso, ele exibirá ícones na bandeja do sistema com a temperatura atual dos núcleos do processador. 3. A configuração padrão funciona muito bem, mas se você quiser personalizar o que é exibido na bandeja do sistema, clique no menu “Opções > Configurações” e configure as opções na guia “Área de notificação”. 4. Abra a guia “Geral” e marque a opção “Iniciar o CoreTemp com Windows” e na guia “Exposição”, marque a opção “Iniciar o Core Temp minimizado”, para que o programa seja sempre executado em segundo plano. 5. Feche a janela de configurações e clique em “Opções > Proteção contra Superaquecimento”. Na janela aberta, habilite a proteção contra superaquecimento e defina a temperatura máxima e o tipo de notificação. Nota: Você também pode usar a opção “Automático”. Essa opção exibe a notificação quando a temperatura da CPU atinge o valor do “Tj. Max” do seu processador, que é mostrado na interface principal do Core Temp. 6. Por último, caso o ícone que exibe a temperatura esteja ficando oculto na bandeja do sistema, clique na seta para cima e arraste e solte o ícone do Core Temp perto do relógio para que ele seja fixado na bandeja. 7. Pronto, é isso. Agora o Core Temp irá monitorar constantemente a temperatura do seu processador e lhe notificar quando ela estiver muito alta para que você tome alguma providência antes que seja tarde demais.
  19. É comum teclados apresentarem problemas de configurações no Windows, especialmente se você utiliza mais de uma linguagem no computador no dia-a-dia. Felizmente estes problemas de configurações de linguagem são fáceis de corrigir. 5 teclados mecânicos para comprar por menos de R$ 500. Quando se está digitando é comum pressionar algumas teclas sem querer, em uma dessas vezes você pode acabar pressionando uma sequência que desconfigure o seu teclado. Também há o caso onde um vírus infecta sua máquina e acabe por excluir ou ocultar a linguagem padrão instalada em seu computador, vamos analisar cada situação e procurar resolver seu problema. Antes de tentar fazer qualquer modificação recomendamos que você reinicie o seu computador; algumas vezes ele pode recuperar sua configuração original automaticamente. Configurando o seu teclado Trocando letras por números Se você pressionar teclas como P O I U e aparecerem números, é porque o Teclado Alfanumérico está configurado nestas respectivas letras. Para que seja desfeita essa configuração, segure a tecla Função (Fn) - no notebook - e então aperte Num Lock (ou NumLK), provavelmente seu problema será resolvido. Se você usa um computador de mesa, seu teclado certamente possui a tecla Num Lock. Caso o seu teclado por algum motivo não possua a tecla, basta ativar o teclado virtual seguindo os próximos passos: Abra o teclado virtual Para abrir o teclado virtual é bem fácil, basta ir na pesquisa do Windows e digitar "Teclado", caso seu Windows esteja em inglês, digite "Keyboard" - sem aspas. Procure pelo teclado virtual no seu computador Habilite o teclado numérico Assim que você digitar qualquer uma das duas palavras, o mesmo já deve aparecer em sua lista de aplicativos. Basta clicar nele para abrí-lo. Caso a tecla NumLock não apareça em seu teclado, clique em "opções" e marque a opção "Ativar teclado numérico". Caso o NumLock não apareça, selecione as seguntes opções Agora que o teclado virtual já exibe as teclas necessárias, é só clicar em Fn e então em NumLock. Trocando letras por símbolos, ou letras não correspondentes Outra situação que pode acontecer é o seu teclado trocar letras por símbolos ou outras letras, o que torna quase impossível digitar alguma coisa, pois a maioria das teclas está trocada. Este, muito provavelmente, é um problema causado por um vírus em seu computador, em casos mais raros um conflito do Sistema Operacional poderia causar perda de informações a ponto de eliminar o layout do seu teclado de seu computador. Verificar Layout do teclado A primeira coisa que iremos fazer é verificar se o Layout do teclado selecionado no Windows está correto. Para verificar isso basta ir no canto inferior direito do seu PC e selecionar a opção marcada na imagem abaixo. Se o seu teclado for com layout ABNT2 (enter grande, e tecla dedicada ao Ç), basta selecionar a opção "PTB2". Caso o seu teclado não tenha a tecla Ç dedicada e um enter mais fino, selecione a opção "INTL". Clique na opção circulada em vermelho para selecionar o Layout Abra as configurações de Linguagem Caso você não tenha a opção acima na barra de tarefas do Windows ou a opção não esteja disponível para você, não se preocupe, vamos solucionar isso. Para acessar as configurações do seu teclado, basta digitar na barra de pesquisa "Linguagem" e entrar nas configurações. Use a barra de pesquisa para entrar nas configurações de Linguagem Após entrar nas opções de linguagem, selecione o idioma que o seu computador está utilizando - no meu caso é o Inglês - e clique em "Opções". Ao fazer isso, uma nova página irá se abrir na mesma janela de configurações. Clique no Idioma e aí entre em "Opções" Adicione o Layout correspondente ao seu teclado Se você já veio até aqui, quer dizer que o único Layout disponível em seu computador não está correto. Para adicionar um novo Layout para o seu teclado, basta clicar na opção "Adicionar um Teclado". Selecione a opção "Adicionar um novo teclado" Ao clicar ali uma pequena lista irá ser exibida na tela, você deve encontrar a opção que seja compatível com o seu teclado. Na grande maioria das vezes a opção correta será ou "Estados Unidos - Internacional" caso o seu teclado tenha o enter pequeno e não tenha a tecla Ç dedicada, ou "Português - Brasil ABNT2" caso o seu teclado seja no padrão brasileiro (com Ç dedicado e Enter grande). Selecione o idioma correspondente ao seu teclado E é isso, após adicionar o Layout o Windows deve baixá-lo caso ainda não esteja disponível e aí você já poderá selecioná-lo no canto inferior da tela, como mostrei antes.
  20. Você está aqui: Home > PC > Como evitar que a tela do PC desligue automaticamente Como evitar que a tela do PC desligue automaticamente Você já deve ter notado que a tela do seu computador desliga automaticamente quando você deixa ele ocioso por um período de tempo, porém as vezes você pode querer que a tela permaneça ligada. Nesse tutorial vamos mostrar duas maneiras diferentes de você manter a tela do computador ligada, de forma temporária e permanente, independentemente se você está usando o computador ou não. Opção 1 – Configurações do Windows 10 1. Abra as Configurações no Menu Iniciar do Windows 10 e clique em “Sistema”. 2. Clique em “Energia e suspensão” no menu lateral e na seção “Tela” defina quando a tela deve ser desligada quando estiver usando a bateria e conectado na tomada. Se você não quer que a tela seja desligada, selecione a opção “Nunca” nas duas opções, utilizando a bateria e conectado na tomada. Opção 2 – Programa Caffeinated Por outro lado se você quer manter a tela do computador ligada apenas temporariamente, como por exemplo, durante uma apresentação, você pode usar um programa de terceiros como o Caffeinated. 1. Baixe o programa Caffeinated e execute-o em seu computador. 2. Certifique-se que a opção “Manter o monitor ligado” está marcada, selecione o tempo em que ele deve ficar ligado em “Duração padrão” e clique em “OK”. Uma vez feito isso ele adicionará um ícone na bandeja do sistema e irá evitar que o computador seja suspenso e que a tela dele seja desligada.
  21. Ver este tutorial Como monitorar a temperatura do processador 1. Para começar, baixe e instale o programa Core Temp em seu computador. 2. Execute o programa e ele exibirá a temperatura atual, máxima e mínima de cada núcleo do processador, além disso, ele exibirá ícones na bandeja do sistema com a temperatura atual dos núcleos do processador. 3. A configuração padrão funciona muito bem, mas se você quiser personalizar o que é exibido na bandeja do sistema, clique no menu “Opções > Configurações” e configure as opções na guia “Área de notif Autor Allanatulu Categoria PC - Dicas e Tutoriais Enviado 26-11-2020 01:06  
  22. Como copiar o Windows do HD para o SSD sem reinstalá-lo: 1. Antes de começar, certifique-se que o espaço usado no HD é menor que o tamanho total do disco SSD, caso contrário não será possível realizar a migração. Se necessário liberar espaço, você pode deletar arquivos temporários, desinstalar programas e jogos que não está usando e assim por diante. 2. Para consolidar o espaço no HD, ou seja colocar todos os dados no inicio do disco, vamos usar o programa MyDefrag. Com isso, será possível reduzir mais o tamanho da partição do HD mais tarde. 3. Baixe o MyDefrag, instale-o e execute o programa. Selecione a “unidade C” na parte inferior, use a opção “Consolidar espaço livre”, clique em “Executar” e aguarde a desfragmentação ser concluída. 4. Com o HD e o SSD conectados no computador, instale o programa Macrium Reflect Free em seu computador. Vamos usar o programa para clonar os dados do HD antigo para o seu novo disco SSD. 5. Uma vez instalado, execute o Macrium Reflect Free e o HD e o SSD devem ser listados na tela do programa. Marque a caixa correspondente ao HD antigo e então, clique no botão “Clone this disk…”. 6. Clique em “Select a disk to clone to” e selecione o disco SSD. 7. Em seguida, “arraste” todas as partições do HD antigo para a parte inferior da janela. Arraste por último a unidade C. Ao arrastar a unidade C, ela deverá ser redimensionada automaticamente para o espaço disponível no SSD. Clique no botão “Next” para continuar a clonagem do HD para o SSD. 8. Entretanto, se as outras partições ocuparem todo o espaço disponível no disco ou se for exibida a mensagem “Not all copies. Insufficient space, você pode clicar no link “Cloned partition Properties” e redimensionar as partições manualmente, para liberar espaço para a unidade C no disco de destino. 9. Clique em “Next” na janela seguinte uma vez que não queremos agendar a clonagem. 10. Por fim, será exibido um resumo do que será feito. Clique no botão “Finish”. 11. Agora basta clicar em “OK” e a clonagem será iniciada. 12. Pronto, aguarde a clonagem ser concluída e ao terminar, desligue o computador, conecte o SSD no lugar do HD antigo ou simplesmente defina o SSD como boot principal na BIOS do computador e inicie o computador. Uma vez feito isso, o Windows deve ser carregado a partir do novo disco SSD.
  23. Ver este tutorial Como transferir o Windows de um HD para um SSD Como copiar o Windows do HD para o SSD sem reinstalá-lo: 1. Antes de começar, certifique-se que o espaço usado no HD é menor que o tamanho total do disco SSD, caso contrário não será possível realizar a migração. Se necessário liberar espaço, você pode deletar arquivos temporários, desinstalar programas e jogos que não está usando e assim por diante. 2. Para consolidar o espaço no HD, ou seja colocar todos os dados no inicio do disco, vamos usar o programa MyDefrag. Com isso, será poss Autor Allanatulu Categoria PC - Dicas e Tutoriais Enviado 26-11-2020 01:15  
  24. Ver este tutorial Como evitar que a tela do PC desligue automaticamente Você está aqui: Home > PC > Como evitar que a tela do PC desligue automaticamente Como evitar que a tela do PC desligue automaticamente Você já deve ter notado que a tela do seu computador desliga automaticamente quando você deixa ele ocioso por um período de tempo, porém as vezes você pode querer que a tela permaneça ligada. Nesse tutorial vamos mostrar duas maneiras diferentes de você manter a tela do computador ligada, de forma temporária e permanente, independente Autor Allanatulu Categoria PC - Dicas e Tutoriais Enviado 01-11-2020 17:01  
  25. Ver este tutorial Windows 10 sem som após atualização? Veja 5 possíveis soluções O Windows é o sistema operacional mais utilizado em computadores e notebooks pelo mundo, mas infelizmente, tem um grande histórico de erros e defeitos estranhos. E o Windows 10 tem uma infinidade de problemas bem documentados, que já atingiu muitos usuários. Felizmente, existem algumas correções, como nos casos de problemas com o som. Se seu Windows 10 ficou sem som de repente, especialmente após atualizar o sistema, veja abaixo 5 prováveis soluções para este problema. 1. Solucionar problem Autor Allanatulu Categoria PC - Dicas e Tutoriais Enviado 01-11-2020 16:19  
×
×
  • Create New...

pc jenkins GIF by South Park

AdBlock extension detected!

GGames is maintained by advertisements for our visitors.

Please disable your browser's AdBlock Extension first, in order to use our Forum.

Rest assured, our ads will not disturb your browsing and reading.

I've Dissable