Bem vindo ao GGames

Registre-se agora para obter acesso a todos os nossos recursos. Uma vez cadastrado e logado, você será capaz de criar tópicos, postar respostas a tópicos já existentes, dar reputação a seus companheiros, obter seu próprio mensageiro privado, postar atualizações de status, gerenciar seu perfil e muito mais. Esta mensagem será removida depois de você ter feito login.


Pesquisar na Comunidade

Fórum sobre 'Wordpress' Brasil.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • GGames Forums
    • Anúncios
    • Críticas, dúvidas & sugestões
  • Diversos
    • Vale Tudo
    • Apresentações
    • Notícias & Novidades
    • E3
  • Plataformas
    • PC Master Racer
    • Xbox
    • Playstation
    • iOS / Android / Portáteis
    • Retrô / Emuladores
  • E-Sports
    • Overwatch
    • Counterstrike Global Offensive
    • LOL - League of Legends
    • DotA 2
    • Fortnite
    • Tom Clancy's Rainbow Six Siege
  • Must Have
    • PUGB - Playerunknown's Battlegrounds
    • Battlefield 1 / 4 / 3 / Hardline
    • GTA V - Grand Theft Auto 5
    • FIFA Soccer
  • Web & Design
    • Dicas e Tutoriais
    • Recursos para Download
    • Galeria
    • Desenvolvimento - Helpdesk
    • Pedidos
  • Battlefield 1's Regras
  • Trainers/Hackers's Tópicos

Blogs

Não há resultados

Não há resultados

Categorias

  • Jogos
    • Traduções de Jogos - Português Brasil
    • Emuladores
    • Utilitários
    • Cheats
    • Save Games
  • Softwares & APP - Windows
    • Sistemas Operacionais
    • Produtividade e Office
    • Drivers e Essenciais
    • Segurança e Desempenho
    • Internet e Navegadores
    • Multimídia
    • Utilitários
  • Criação e Desenvolvimento
    • Fontes
    • Vetores (Illustrator / Corel / PDF)
    • Images (PSD / PNG / Alta Resolução)
    • HTML5 / CSS3
    • PHP / MySQL
    • Wordpress | CMS

Categorias

  • PC - Dicas e Tutoriais
    • Internet
    • Sistemas Operacionais
    • Hardware | Redes | Periféricos
    • Redes Sociais | Messengers
    • Hacker | Invasão
    • Downloads | Uploads
  • Plataformas
    • Xbox
    • Playstation
    • Mobile (iOS / Android)
    • Emuladores / Retrô
  • Web Design
    • HTML | CSS | Javascript
    • Wordpress | Joomla | CMS
    • PHP | MySQL
    • IPB | PHPBB | VBulletin | Xenforo | MyBB
  • Design Gráfico
    • Photoshop
    • Fireworks
    • Illustrator
    • Coredraw
    • Impressão 3D | Modelagem 3D

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Steam


Discord


Skype


PlayStation ID

Encontrado 5 registros

  1. Ver este tutorial 14 comandos SQL úteis para WordPress Uma maneira prática de executar comandos SQL é através do phpMyAdmin. Até a hospedagem mais básica dá acesso à ferramenta de banco de dados, então não há dificuldades nisso. Uma vez no sistema, você deve selecionar aba “SQL” e escrever/colar a instrução SQL que deseja executar. 1. Alterar siteurl e homeurl WordPress armazena o caminho absoluto da URL do site (“siteurl”) e URL da home (“homeurl”) no banco de dados. Portanto, se você transferir o seu site WordPress do localhost para o servidor, por exemplo, o site não vai carregar! Isso ocorre porque o caminho absoluto ainda está apontando para o seu localhost. Você vai precisar executar um comando para resolver isso. UPDATE wp_options SET option_value = replace(option_value, 'http://www.enderecoantigo.com', 'http://www.endereconovo.com') WHERE option_name = 'home' OR option_name = 'siteurl'; 2. Alterar GUID Depois de migrar seu blog a partir de, por exemplo, localhost, para o servidor ou de um outro domínio para um novo domínio, você terá que corrigir as URLs para o campo GUID na tabela wp_posts. Isto é crucial, porque GUID é usado para montar o slug de seu post do caminho absoluto do artigo correto. UPDATE wp_posts SET guid = REPLACE (guid, 'http://www.enderecoantigo.com', 'http://www.endereconovo.com'); 3. Alterar URL no conteúdo O WordPress utiliza caminhos absolutos no URL ao invés de um caminho relativo quando vai armazená-los no banco de dados. Dentro do conteúdo de cada registro de artigo, ele armazena todas as URLs antigas referenciando as fontes antigas. Portanto, você precisará alterar todas essas URLs com o endereço do novo domínio. UPDATE wp_posts SET post_content = REPLACE (post_content, 'http://www.enderecoantigo.com', 'http://www.endereconovo.com'); 4. Alterar apenas o caminho das imagens Caso seja preciso alterar o domínio das imagens inseridas nas páginas e artigos, esta solução vai ajudar você a fazer isso de forma simples. UPDATE wp_posts SET post_content = REPLACE (post_content, 'src="http://www.enderecoantigo.com', 'src="http://www.endereconovo.com'); Também é preciso atualizar o GUID para o tipo “attachment” com a seguinte instrução SQL: SET guid = REPLACE (guid, 'http://www.enderecoantigo.com', 'http://www.endereconovo.com') WHERE post_type = 'attachment'; 5. Atualizar Post Meta Atualizar Post Meta funciona quase da mesma maneira como atualizar a URL no conteúdo do post. Se você tiver dados extras para cada post, você pode usar a seguinte instrução para alterar todos eles. UPDATE wp_postmeta SET meta_value = REPLACE (meta_value, 'http://www.enderecoantigo.com','http://www.endereconovo.com'); 6. Alterar o nome usuário padrão “admin” Apesar de que na versão 3 do WordPress o usuário “admin” poderá ser alterado no momento da instalação, não custa deixar para a posteridade a dica de como alterar o nome do “admin”. UPDATE wp_users SET user_login = 'nomequevocequiser' WHERE user_login = 'Admin'; 7. Resetar password Já quis resetar sua senha no WordPress mas, por algum motivo, não conseguiu usar a seção para resetar o password? Eis a solução: UPDATE wp_users SET user_pass = MD5('senha') WHERE user_login = 'login'; 8. Transferir artigos de um autor para outro Para transferir os artigos de um autor para outro, você gasta um tempo enorme se fizer isso manualmente. Com o comando SQL a seguir, é possível fazer isso facilmente. Para a dica, é preciso saber o ID dos autores. UPDATE wp_posts SET post_author = 'id_novo_autor' WHERE post_author = 'id_autor_antigo'; 9. Apagar revisões Quando se está editando um artigo no WordPress, é comum cópias de segurança serem feitas para garantir o trabalho feito. São as chamadas “revisões”. Com o tempo, o número de registros de revisões fica grande e isso pode comprometer a performance do banco de dados. Para apagar todas as revisões de artigos, dê o seguinte comando SQL: DELETE a,b,c FROM wp_posts a LEFT JOIN wp_term_relationships b ON (a.ID = b.object_id) LEFT JOIN wp_postmeta c ON (a.ID = c.post_id) WHERE a.post_type = 'revision' Lembrando que este é o comando para apagar revisões já feitas. Caro queira desativar o recurso (ou limitar o número de revisões), saiba como neste artigo sobre como limitar e desativar revisões de posts no WordPress. 10. Apagar post meta Instalar e remover plugins é algo corriqueiro quando se trabalha com WordPress. Alguns plugins precisam de criar alguns post meta para funcionarem corretamente e, para esses casos, não é raro o acontecimento de, mesmo depois de o plugin ser desinstalado, algum “garbage meta” ficar enchendo o BD desnecessariamente. Uma limpeza em algum valor de post meta, às vezes, se faz necessária. DELETE FROM wp_postmeta WHERE meta_key = 'nome-chave-meta'; 11. Exportar todos os e-mails de comentários Quanto mais tempo seu blog/site fica no ar, é provável que mais comentários receba nos artigos publicados. Se, por algum motivo, for preciso uma listagem com e-mail de todas as pessoas que já comentaram até então, basta executar o seguinte comando: SELECT DISTINCT comment_author_email FROM wp_comments; 12. Apagar todos pingbacks A medida que o site/blog fica no ar – e se você tiver bom conteúdo a oferecer – o número de pingbacks começa a influenciar a qualidade do banco de dados. Para apagar todos pingbacks, proceda da seguinte maneira: DELETE FROM wp_comments WHERE comment_type = 'pingback'; 13. Apagar todos comentários de SPAM Sem maiores explicações, eis a maneira de deletar todos os comentários marcados como SPAM: DELETE FROM wp_comments WHERE comment_approved = 'spam'; 14. Identificar tags não usadas Num banco de dados WordPress, se você executar alguma query SQL para apagar posts, as tags relacionadas não serão apagadas e continuarão aparecendo na nuvem de sugestão de tags e listagem de tags. Para identificar esse tipo de tag, execute a seguinte instrução SQL: SELECT * From wp_terms wt INNER JOIN wp_term_taxonomy wtt ON wt.term_id=wtt.term_id WHERE wtt.taxonomy='post_tag' AND wtt.count=0; Fonte: Este é um artigo traduzido do original “13 Useful WordPress SQL Queries You Wish You Knew Earlier“, do blog Onextrapixel, e sofreu algumas adaptações, tradução por Tárcio Zemel do DPW. Autor 403 - Forbiddeen Categoria Wordpress | Joomla | CMS Enviado 14-07-2018 14:06  
  2. Ver este tutorial Como instalar o Wordpress em 5 Minutos O WordPress é uma plataforma semântica de vanguarda para publicação pessoal, com foco na estética, nos Padrões Web e na usabilidade. O WordPress é ao mesmo tempo um software livre e gratuito. Em nosso primeiro vídeo tutorial vamos ensinar como instalar essa incrível ferramenta em apenas 5 minutos e você não precisar ser um expert em Web, basta ter uma Hospedagem Linux com Cpanel, um domínio registrado e claro, a ultima versão do WordPress. Pré Requisitos: Hospedagem Linux com CPANEL Banco de Dados Mysql Última versão do WordPress em Português. Esse foi meu primeiro vídeo tutorial, apesar dele ter 8 minutos... eu consigo instalar o WP em apenas 1 rs... Mas enfim, espero que gostem. Autor 403 - Forbiddeen Categoria Wordpress | Joomla | CMS Enviado 12-07-2018 18:53  
  3. Como traduzir um Tema ou Plugin para Wordpress automaticamente Mais um tutorial exclusivo para vocês, nesse tutorial irei ensina-los a tradução um tema ou plugin automaticamente utilizando o software Poedit. Lembrando que a versão que estou usando é PAGA, mas se você é desenvolvedor e vive perdendo horas traduzindo manualmente, compensa o investimento. Agora se não quer investir na licença e precisa traduzir apenas um tema... entre em contato que faço um preço especial. Vamos ao tutorial. 1. Abra seu POEDIT e clique em TRADUZIR TEMA OU PLUGIN DO WORPDRESS, clique na aba nesse computador e localize o arquivo clicando em escolher pasta. 2. Você vai apenas localizar a pasta do TEMA ou PLUGIN. Não precisa necessariamente abrir o arquivo na pasta language, em criar um novo idioma, digite PT_BR e em seguida continuar. 3. Ele vai começar a extrair o conteúdo, normalmente até funções internas do tema, após a extração ele vai exibir todas as palavras existentes e o total de strings que estão sem tradução. 4. Vamos a tradução, lá no menu clique em Pré-traduzir e preencha todos os campos e em seguida aperta o botão pré-traduzir dentro do box. 5. Agora é só aguardar. A velocidade vai depender de 2 fatores - velocidade de internet e se a máquina que está traduzindo o tema / plugin já traduziu outras coisas no passado (pois acumula o cache). 6. Após concluir, basta apertar CTRL+S (Salvar) e ir na pasta no diretório do tema/language e pegar os arquivos pt_BR.pot e pt_BR.mo - copie ambos e envie para a pasta language do tema. Resultado: Como podem notar, ainda faltam 419 linhas, se fosse em um computador mais 'calejado' de traduções, teria chegado a 85% facilmente, porém o principal foi traduzido e é isso que importa. A vantagem desse método é que você economiza tempo. 90% das informações são idênticas... mas claro - é IMPORTANTE que você revise a tradução depois, principalmente no FRONT-END pois há grandes chances de ter erros de português ou então publicidade de outros tradutores. Autor 403 - Forbiddeen Categoria Wordpress | Joomla | CMS Enviado 12-07-2018 19:38  
  4. Como trocar o nome do remetente de emails do Wordpress É muito simples como resolver isso, hoje um cliente me pediu isso e irei usa-lo como exemplo. 1. Faça o download desse plugin, você também usar esse (ambos são idênticos). 2. Faça a instalação, indo em plugins > adicionar novo > enviar novo. 3. Selecione o plugin em seu computador e faça a instalação em seguida ative-o. 4. Vá em Configurações > WP Simples Email Sender e preencha com os dados desejados. É isso aí, espero que tenham gostado, tutorial de minha autoria. Eu sempre faço isso, principalmente quando desenvolvo lojas em Woocommerce. Autor 403 - Forbiddeen Categoria Wordpress | Joomla | CMS Enviado 11-07-2018 17:51  
  5. Como instalar tema Premium (Pago) no Wordpress Nesse tutorial vou ensina-los a instalar um tema pago, o processo é similar para tema gratuito, porém nesse caso temos que fazer diversos processo para alcançar o resultado final identifico ao demonstrativo que está disponível no marketplace. Então vamos ao tutorial. 1. Inicialmente realize o download do seu template em seu marketplace favorito. No meu caso ThemeForest. 2. Após o download descompacte o mesmo. 3. Acesse o painel administrativo do seu Wordpress, e vá em APARÊNCIA > TEMAS e clique em ADICIONAR NOVO. 4. Lá no topo terá ENVIAR TEMA, clique e selecione o arquivo correspondente ao tema, normalmente é TEMA.ZIP - Cada desenvolvedor coloca em um lugar específico. Caso não consigo realizar o upload devido ao limite máximo (como aconteceu comigo), faça via CPANEL/FTP - coloque na pasta public_html/wp-content/themes E em seguida descompacte. 5. Feito isso (seja qual foi o método de upload), volte em aparências > temas e ative o tema. 6. Você será notificado de Plugins que precisam ser instalados - normalmente estão dentro do tema, instale TODOS e depois ative-os. 7. Feito isso, estamos prontos para IMPORTAR o demonstrativo! Cada tema tem um modo... são eles; 7.1. Importar a partir de um arquivo XML disponível dentro do tema (requer instalação de um plugin de importação do wordpress). 7.2. Importar a partir do painel do tema (aperta o botão e deixa ele realizar a importação de tudo automaticamente) O tema AVADA faz isso. Hoje os temas usam a segunda opção! É raro ter XML dentro dos temas pago. Normalmente tem apenas para SLIDES do SLIDERS REVOLUTION. 8. Localize o a opção de importar, no meu caso é a primeira opção (Com XML e Arquivos de cada parte), escolhi o modelo 1 e começo a importar item a item. 8.1. Importando XML > Vá em Ferramentas > Importar > Escolha Wordpress, após instalar vai dizer 'rodar importação' aí é só clicar e importar o XML. Será importado PÁGINAS/MENU/POSTS/PORTFOLIO/IMAGENS. Escolha o usuário que será o proprietário de tudo e selecione a opção baixar arquivos. É só ENVIAR. Se der erro 500 ou coisa do tipo pode ignorar, é comum. Normalmente ele importa mesmo após o erro. Resultado: 8.2. Importando SLIDE > vá em Slide Revolution > Slider Revolution, clique em IMPORTAR SLIDE, selecione o arquivo zip. Eles sempre vão informar qual é o ZIP dos slides... normalmente é pesado esses arquivos. Com ele importado, agora falta só as configurações de widgets e também do próprio tema. 8.2. Configurações do tema - Vá em Theme Options > Import / Export - Esse exemplo é o seguinte, eu copio umas informações contidas dentro de um arquivo txt e colo dentro de um campo, aí eu importo ele faz o 'setup' do meu tema igual ao demonstrativo. txt Coloquei no tema e apertei importar Estamos quase lá. 9. Vá em configurações > leitura e selecione a HOME PAGE como página inicial. 10. E por último... vá em MENU provavelmente teremos um menu lá... veja se ele está marcado como PRINCIPAL. Resultado É isso aí, quando você começa a trabalhar com isso, se torna padrão passar por todo esse processo. Lembrando que cada tema é de uma forma, mas no geral o processo de todos é similar. Tutorial de minha autoria. Autor 403 - Forbiddeen Categoria Wordpress | Joomla | CMS Enviado 11-07-2018 16:09