Jump to content

Nova tributação em jogos eletrônicos Como será?


403 - Forbiddeen

307 views

Recentemente, uma fala do Ministro da Economia Fernando Haddad pegou o mercado de jogos eletrônicos de surpresa. Questionado de onde viria o dinheiro para sustentar o Novo Arcabouço Fiscal, Haddad foi enfático: da tributação dos jogos eletrônicos. Rapidamente a notícia se espalhou e assustou os jogadores brasileiros.

Seria o anúncio de que os jogos, que já são caros, ficaram mais caros? Afinal, existem leis, como a Lei de Informática, que beneficiam as empresas produtoras de jogos com isenção de imposto. E esse debate tem se aprimorado, com a tentativa de isentar ainda mais as empresas produtoras de jogos que produzem jogos no Brasil.

No entanto, em outra entrevista, o Ministro deixou claro que quando diz sobre a tributação dos jogos eletrônicos, está se referindo aos jogos disponíveis nas casas de apostas confiáveis em atividade no Brasil, como a Betmaster, por exemplo. Para o Ministro, o conceito de jogos eletrônicos abarca apostas esportivas.

Entendendo a tributação dos jogos eletrônicos

Antes de tudo, importante deixar claro que em 2018, uma lei permitiu apostas online em resultados esportivos, mas até o momento não houve regulamentação dessa atividade, impedindo a taxação das empresas.

Com a proposta da nova MP, as casas de apostas em atividade no país deverão se credenciar junto ao governo federal para atuar no Brasil. De acordo com fontes que trabalham na elaboração da Medida Provisória, para obter o credenciamento, as empresas terão de:

  • Pagar uma outorga de R$ 30 milhões
  • Ter sede no país
  • Possuir capital mínimo de R$ 100 mil
  • Apresentar certificados diversos

Apostar ficará mais caro?

A tributação das empresas de apostas esportivas funcionará com base em uma alíquota de 15% sobre o GGR (receita bruta dos jogos, menos os prêmios pagos aos apostadores), inspirado no modelo adotado no Reino Unido. Além disso, as empresas deverão pagar os demais impostos normalmente, como IRPJ, PIS/Cofins e contribuições sociais. Das receitas líquidas, as empresas terão de repassar:

  • 2,55% para o Fundo Nacional de Segurança Pública
  • 0,82% para educação pública
  • 1,63% para entidades de prática esportiva e atletas que cedem os direitos de imagem

A tributação sobre os apostadores, pessoas físicas, permanecerá com alíquota de 30% para efeitos de Imposto de Renda.

Tributação vai gerar emprego e renda

O governo estima que a arrecadação com a taxação das empresas de apostas esportivas online possa alcançar de R $12 bilhões a R $15 bilhões por ano. Além disso, uma portaria será publicada para regulamentar a propaganda feita pelos sites de apostas esportivas, em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

Dentre as previsões que vêm na portaria, deve estar a determinação de que as agências e profissionais que trabalham nas casas de apostas, uma parcela deve ser de brasileiros. Isso gerará empregos no país, além de fomentar a atividade entre os nacionais.

Jogos de cassino entram na jogada?

Por hora, a medida provisória em questão não abordará jogos de azar, como cassinos e outros tipos de jogos, que ainda são considerados ilegais no Brasil. Apesar da Câmara dos Deputados já ter aprovado a legalização dos cassinos no país, a MP foca apenas nas apostas em resultados esportivos.

Tributação ajuda na regulamentação

Se por um lado a tributação pode deixar a aposta um pouco mais cara, ela ajuda também na segurança dos apostadores. Com casas de apostas certificadas e licenciadas por entidades nacionais, ficará mais difícil de apostadores serem vítimas de golpes e ficarem a mercê de casas de apostas que atuam com má-fé. Assim, a regularização será um ponto determinante para a evolução dos jogos eletrônicos no país.

  • Curtir (+1) 1

2 Comments


Recommended Comments

Fala @403 - Forbiddeenbeleza?

Cara, passando a minha opinião sobre o assunto, eu acho que na teoria é sempre tudo muito bonito ver que as apostas serão fiscalizadas e certificadas, mas infelizmente as empresas que já aplicam os golpes em cima dos apostadores não vão deixar de existir, pois elas sempre vão achar uma brecha ou funcionar por debaixo dos panos. Uma referencia semelhante é empresas de investimento terem diversos órgãos reguladores, e quando vc vai ver, todos os dias existem milhares de pessoas caindo em golpes de pirâmides.

Bom.  Espero que eu esteja errado, e que realmente melhore. rs

Abs!

Link to comment
  • VIP Lifetime

Como sempre, o Estado prestando um desserviço para a população.
É cada dia o Estado maior, e o cidadão menor.
Este Haddad só perde para o Boulos, que queria gerar empregos estatais para ter mais contribuintes e consequentemente mais arredações. Bom senso zero.

  • Curtir (+1) 1
Link to comment

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now


    • Como Surgiram as Rodadas Grátis nos Casinos Online em Portugal?
      By Load in Notícia Gamer, Started
    • Um toque de um aplicativo longe do cassino
      By Load in Notícia Gamer, Started
    • Conheça a experiência de cassino ao vivo no Brasil
      By 403 - Forbiddeen in Notícia Gamer, Started
    • Ampla gama de opções de apostas e cassino na Spicy Bet Brasil
      By Load in Notícia Gamer, Started
×
×
  • Create New...

Important Information

Terms of Use Privacy Policy Guidelines